top of page

Mais uma vez, a Câmara Municipal de Araci fica sem sessão ordinária


 

A sessão da Câmara Municipal de Araci desta terça-feira (11), não se realizou pela ausência de vereadores, o que resultou aplicação do § 2º do Art. 86 do Regimento Interno.

Embora a Lei Orgânica do Município e o Regimento Interno da Câmara Municipal, favoreçam os vereadores com a regalia de estarem presentes, uma vez por semana às sessões ordinárias, o favorecimento parece não atender à atribulada agenda dos “parlamentares representantes dos interesses do povo” e vez ou outra, sessões são prejudicadas pela ausência do chamado “quórum regimental”, seja – sem a presença de um terço, (5 vereadores), a sessão não se realiza.

 Hoje, terça (11), mais uma vez, a Câmara Municipal de Araci fica sem sessão ordinária pela ausência de 12 vereadores como registra o novo painel digital implantado para dar transparência aos atos e condutas dos parlamentares.

Os únicos vereadores, Léo de Eridan e Zelito da Ribeira, chegaram às 09:19h., 4 minutos passados da tolerância. Ante ao quadro de absentismo, declararam presença e deixaram o ambiente do plenário.

Logo mais às 09:23h., o presidente Guinha de Pascoal chegou e tomou assento à mesa e mesmo diante do fim do prazo de tolerância, convocou vereadores, os que estivessem no recinto, e sem efeito, “declara a sessão prejudicada por falta de presença mínima”, ordenando de pronto que se registrasse a não realização da sessão. É importante registrar que, a sessão cancelada tinha matérias nos dois expedientes, envolvendo leitura e aprovação de indicações e projetos, sendo dois, de Leis Ordinárias, encaminhadas pelo Executivo Municipal.

A decisão de encerrar a sessão foi do presidente da Casa, Valter Andrade de Oliveira (Guinha de Pascoal), ao conferir o registro de ausentes no painel digital.

Justificando a decisão, o presidente Guinha de Pascoal, disse não estar informado da ausência dos 12 vereadores. “Entendemos que nesse tempo de corrida eleitoral, com o avanço da pré-campanha a partir do próximo mês, esse cenário poderá ser cada vez mais comum. Todos os vereadores irão concorrer à reeleição e deverão ficar cada vez mais distantes do parlamento para cuidar dos interesses das suas campanhas”.  – Se outro motivo levou os 12 vereadores de uma só vez, a não comparecerem à sessão, não é de meu conhecimento e só o tempo cuidará de revelar a verdade. - Encerrou.

 

145 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page