Secretaria de Saúde realiza palestras sobre “Setembro Amarelo” para alunos da rede municipal

Atualizado: 29 de set.


A ação da secretaria de saúde do município de Araci, está conectada com a campanh nacional lançada no Brasil em 2015, com o objetivo de conscientizar mentalizar a prevenção do suicídio e alertar a população sobre a realidade dessa prática no Brasil. No mundo a campanha vem sendo efetivada desde 2003, quando foi definido o mes de setembro como “amarelo”, consagrando o dia 10 como " Dia Mundial de Prevenção do Suicídio"

A ação colaborada com o CAPS-Centro de Atenção Psicossocial, alcançou alunos de escolas municipais, especialmente os alunos do Ensino Fundamental anos finais (6º ao 9º ano), do CEMOB-Centro de Ensino Municipal Oliveira Brito, que lotaram o salão de atos e as galerias da Câmara Municipal, na manhã desta quarta-feira (28).

O evento teve inicio pouco antes das 09:00h. com a comunicadora social da prefeitura, Ádila Santana, que escolheu abrir os trabalhos com uma oração proferida pela professora Mayde de Jesus e depois faz as saudações ao público presente e a composição da mesa dos trabalhos, chamando em sequência, a secretária Keila da Saúde, a vice prefeita Gilmara que por sua vez representava a prefeita Keinha, os palestrantes, Dr. Antônio Carlos, Dr. Willy Lopes, Dra. Gilmara de Araújo, os vereadores Guinha de Pascoal e Marinho e mais servidores da equipe da secretaria de saúde.

Como preâmbulo reflexivo, dando lugar aos temas apresentados pelos palestrantes convidados, a cantora Tais Silva Carneiro, que atua na secretaria de saúde como Assessora de Gabinete, interpretou uma música sacra, como divisor de preparação para os relevantes temas apresentados.

Como salientou a secretária de saúde Keila Silva Anunciação, a escolha dos alunos do Ensino Fundamental anos finais (6º ao 9º ano), se justifica por estarem em uma faixa etária em sua grande maioria formada por pré-adolescentes, exigindo ações mais sérias, como a abertura desse debate sobre o suicídio, assunto ainda hoje considerado tabu para muitas famílias.

O seminário motivador “setembro amarelo”, começou pouco depois das 09:00h. e desenvolveu durante toda a manhã, o tema: ‘Saúde Mental e Suicídio, Impactos nos tempos atuais” e nesse eixo sociológico, debateram os palestrantes convidados:

O psiquiatra do CAPS, Dr. Antônio Carlos, abordando sobre o setembro amarelo e fazendo referência ao serviço de referência CAPS.

Dr. Willy Lopes palestrando sobre a Psiquiatria do ponto de vista da Atenção Primária

Dra. Gilmara de Araújo que tratou do tema ventral, SUICÍDIO e seus impactos na atualidade.

A secretária Keila ao se pronunciar enfatizou os agradecimentos aos presentes, aos alunos do CEMOB, à equipe da secretaria de saúde, à equipe do CAPS e aos palestrantes convidados.

Keila disse estar à vontade na realização daquele simpósio tratando de um tema tão importante como polemico, o suicídio. “Eu com formação em psicologia, mesmo estando como secretária de saúde, sinto o quão importante é trazer esse tema ao debate aberto, especialmente nesses tempos difíceis que vivemos. Sabemos que todos encaramos nossas lutas e nossas dores e todos tem necessidade de encontrar alguém que possa nos ajudar, seja um amigo, seja um profissional, e é por isso que estamos promovendo esse encontro, com a vontade de abrir caminhos para ajuda àqueles que carecem de apoio social” – disse a secretária.

A vice Gilmara, depois de saudar a secretária de saúde, aos palestrantes convidados e aos profissionais de saúde, falou justificando a ausência da prefeita e em seu nome deixou uma mensagem, revelando a preocupação da prefeitura municipal com os problemas de saúde mental que se avolumam a cada dia em todos os termos do município. Falou que a prefeitura ultimamente fez contratação de mais psicólogos para o enfrentamento dessa necessidade especial na área da saúde municipal.

O vereador Guinha de Pascoal, falou a todos em nome da Casa Legislativa e como presidente da hora, saudou a toda a juventude presente e disse que todos os anos tem acompanhado a campanha do setembro amarelo. “Muitas famílias não tem a ideia do valor que tem a educação em família, para nortear a vida futura de seus filhos. Guinha se dirigiu aos jovens estudantes presentes, dizendo que eles representam o futuro do município e que deveriam se dedicar ao conhecimento de temas sociais como esse que estava sendo tratado ali. O vereador Marinho, elogiou a iniciativa da secretaria de saúde e disse que o tema suicídio é acima de tudo chocante. "Temos ouvido muitas noticias de jovens que dão fim à suas vidas porque não encontraram a ajuda certa, a pessoa certa no momento certo”. Procurem seus pais, seus professores e saibam escolher os amigos para venceram os problemas do mundo de hoje! – finalizou o vereador.

Mais imagens (clique no vértice)



93 visualizações0 comentário