top of page

Numa melancólica tarde, desta sexta-feira, Araci se despede de Isaac Jeremias de Oliveira


Foi sepultado na tarde desta sexta-feira (09.06), corpo do ex-vereador Isaac Jeremias de Oliveira, edil de mandato histórico, considerando que assumiu uma das cadeiras da Câmara na terceira legislatura, iniciada oito anos depois da emancipação política de Araci e da instalação de sua primeira câmara em 07 de abril de 1959.

Isaac é filho de Joaquim Jeremias de Oliveira, casado com Maria dos Anjos com quem teve seis filhos, entre eles o pastor adventista do 7º Dia, José Jeremias de Oliveira. Viúvo de Maria dos Anjos, Joaquim casou-se com Odília Sena tendo com ela mais sete filhos, sendo Isaac o terceiro do casal.

Sua vida como jovem cidadão, se caracterizou como um empreendedor dedicado ao comércio e empresa de serviços, carreando para Araci empreendimento no campo da energia, gerando emprego, ajudando irmãos conterrâneos e se estabelecer na vida.

Issac era uma figura presente e envolvidos na politica desenvolvimentista de sua terra. Nunca valorizou partido ou corrente política, mesmo assim, a comunidade exigiu dele que se candidatasse a vereador. Mesmo numa época em que o vereador não recebia salário, Isaac aceitou o desafio se filiou à UDN, um partido do Estado Novo (1937 – 1945), e encarou uma eleição em 1967, conseguindo uma votação que o colocou na condição de suplente de vereador.

Na terceira Legislatura iniciada em1967 e finda em 1970, o vereador Lélis Pinho, conhecido como Nelinho), eleito pela UDN, teve sue mandato cassado por força de um processo julgado na Justiça Criminal e como suplente pela UDN (União Democrática Nacional), Isaac assumiu sua cadeira na Câmara de Araci.

Como parlamentar, Isaac mostrou trabalho e competência, deixando projetos inovadores à frente de seu tempo como melhorias na mobilidade urbana, querendo disciplinar o sistema viário da época, para ajustar a convivência de automóveis, carros de bois, carroças e animais de montaria sempre presentes no centro da cidade. Isaac foi um vereador percussor também de indicações para colocação de nomes nas ruas da cidade, para facilitar o trabalho dos carteiros e vendedores ambulantes, muito comum na época.

Hoje à tarde a Câmara de Vereadores, ficou superlotada, para prestar a última homenagem a esse membro ilustre do parlamento municipal. Em um cerimonial com uma liturgia realizada pelo seu primo, professor José Anivaldo e auxiliado por ministros da igreja católica, o corpo de Isaac foi velado, saindo de lá em cortejo, até o Cemitério São João Batista.

Foram momentos de muita emoção e saudade, com palavras de despedida, gratidão e elogio a uma pessoa que em vida, deixou um legado de amor, ajuda material, incentivo profissional, como assim falou o professor Carlos, o “Minu”, que foi seu empregado, sendo também primo. “Falando para a viúva a professora Dulce, Minu, falou: A vida de Isaac não vai ficar somente em sua lembrança como esposa e companheira. Vai ficar como algo sempre vivo em minha vida, pelo que dele recebi, como funcionário e como parente. O apoio por tem me oferecido um emprego e muito mais, pelas oportunidades que abriu para mim profissionalmente o que permitiu meu crescimento na vida e segurança para crescer e construir um patrimônio. Isso nunca vou esquecer, - disse Minu, emocionado.”

Homenagens começaram a serão divulgadas em todas as redes sociais e uma delas vai publicada e assinada por um de seus amigos e admiradores.

“O município de Araci perde nesta data, além de um expoente da nossa sociedade, homem de extrema importância, um homem integro, honesto e justo em suas ações, de fala firme e portador de um humor impar que cativava todos ao seu redor. Isaac Jeremias era conhecido também por sua caridade, por estar sempre disposto a ajudar e por seu coração sempre generoso. Sua falta será por muito tempo sentida em nosso município que, hoje, juntos aos seus familiares e amigos, lamenta sua partida e partilha com todos esse momento de dor e de saudades. Que Deus, em sua infinita sabedoria e misericórdia, conceda a sua alma o descanso e a paz eterna no colo do Pai e, nestes dias de tristeza e de pesar, possa confortar o coração de todos os seus familiares e amigos. Em homenagem e respeito a memória deste importante cidadão aracienses. Isaac Jeremias partiu, mas deixou um bom exemplo do que é ser um verdadeiro amigo, uma pessoa honesta, pura e bondosa, alguém que soube aproveitar cada momento ao máximo. Foi uma honra para todos nós, ter a sua amizade e poder compartilhar nossas vidas com alguém tão especial. Até sempre, amigo!
José Socorro da Silva
174 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page