top of page

Novo templo construído no povoado do Jacu, sinaliza expansão da Igreja Adventista em Araci

O sol que ilumina o lendário povoado do Jacu, há cinco quilômetros da cidade de Araci, já estava turvado com seus raios coberto pelas nuvens, ambiente marcante de um acontecimento surpreendente. Adventistas pioneiros que em janeiro de 2002, iniciaram um trabalho, na casa do irmão Zé Miranda, depois de um batismo de quatro pessoas, feito na Barragem do Maracujá. Os primeiros cultos realizados na casa da irmã Amélia, ali ficaram durante seis anos até se mudarem para outro local onde pudesse abrigar mais pessoas.

História: O secretário da Igreja, abriu os trabalhos lendo um perfil histórico da igreja ainda como congregação, sua trajetória desde quando, apenas quatro pessoas começaram a se reunir numa casa de familia durante os anos como ainda pequeno grupo, o ano do reconhecimento como igreja e a emoção da noite de inauguração depois de 22 anos..

"O irmão Adonias Lima dos Santos, com a força missionária de sua esposa Maria, alimentavam o sonho de ver aquela pequena congregação debaixo de um teto que pudesse chamar de igreja. Assim foram pedir um terreno ao irmão José Domingos e sem recurso, apelaram para a benevolência do irmão Miguel Moreira, começaram a realização do sonho, iniciando com apoio do pastor Deraldo Zacarias, a construção de uma igrejinha em 2008"..

"O pioneiro do Jacu, Adonias e Miguel Moreira, apoiador incondicional todos estes anos, estavam postos, ao lado do presidente Carlos e Willian da União para abrirem o laço inaugural"..

Em 2015 a congregação foi reconhecida como igreja em presença do pastor Thomas Weber, presidente da ABAC e do pastor Ronaldo, distrital.

Na noite de ontem, (23 maio), a comunidade adventista do Jacu, participou de outro sonho; “Igreja nova de novo”. Esse sonho tem revigorado a alma e a fé de muitos pioneiros que iniciaram o trabalho da obra de Deus com tudo o que tinham de disponibilidade e amor ao serviço. As igrejas que por tantos anos foram se desgastando com o uso e pelo tempo, estão reaparecendo como lindos templos em mais de 800 lugares, levantadas como verdadeiros monumentos ao nome de Deus e de Sua igreja.

Essa é a nova igreja do Jacu, construída por um dos projetos mais arrojados em se tratando de construção e reforma de templos das igrejas adventistas. Inaugurada e entregue na noite de ontem, em presença de dezenas de membros fundadores da igreja em 2002, muitos membros, alguns amigos e as autoridades que estavam e se fizeram representar.

Pastro José Estevam, distrital da Igreja com sede no bairro do Coqueiro, pastor Carlos Ferreira, Presidente da Associação Bahia Central-ABAC e sua esposa, Cláudia Oliveira titular do Ministério da Mulher da Abac. Pastor William Ferreira, Diretor Financeiro da União Leste Brasileira, organização regional com sede em Lauro de Freitas, que administra cinco associações dentro do Estado da Bahia, Associação Bahia, Associação Bahia Central, Associação Bahia Norte, Associação Bahia Sudeste, Associação Bahia Sul, Associação Bahia Extremo Sul e Missão Sergipe.

Com eles estavam também o pastor Amilton Cunha, Secretário Executivo/Ministerial e pastor Urbano Pereira, Diretor Financeiro, ABAC.

O ato de inauguração e dedicação do novo templo, iniciou às 19:30h com entrada dos pastores e líderes, desatando o laço de fita inaugural e acesso de todos à nave do novo templo. Músicas inspiradoras, comunicavam sempre a palavra gratidão, momentos de leitura do perfil histórico da presença da igreja na comunidade nos últimos 20 anos e uma cerimônia de batismo, momento de excelência em festas como essas de inauguração de casas chamadas, casa de Deus para salvar pessoas e abrigá-las como irmãos. 

Pastor Urbano Pereira, Diretor Financeiro, ABAC:.

"Gosto de ouvir a história.. o começo, quem começou tudo issso que resultou nessa noite de louvor e gratidão a Deus. Os pioneiros são quem pagam o maior preço. Anos e anos de luta, olhando para um futuro que só depende de Deus. Deus está hoje dizendo lá de sua casa no cèu,, que viu o trabalho de todos os pioneiros e está satisfeito."

Pastor William Ferreira, Diretor Financeiro da União Leste Brasileira:

Ele que falou como representante da União Leste, saudou a todos, destacou a presença da irmã Célia, dedicada missionária que trabalhou a feitura do novo púlpito. Pediu que aplaudissem Célia pela peça de bela apresentação e designe.

"Estou feliz por ser filho dessa terra e estar aqui nesse momento tão especial e como organização superior, (União Leste,) poder entregar mais um templo da Igreja Adventista nesse campo vasto da Bahia e Sergipe. Obras feitas com material de fino acabamento e qualidade, sem importar o lugar e o tamanho do edifício. Parabéns a ABAC, que onde houver motivação, ela chega junto com a União, para investir recursos da própria igreja, para o bem delas. Tem mais igrejas construídas e inauguradas como essa. Já passou de 800 igrejas construídas e reformadas pela União Leste Brasileira. Esse templo não é só pra se apresentar como linda e imponenete. Lindo mesmo é trazer pessoas para conhecerem a casa de Deus.. Parabéns a todos os irmãos do Jacu, parabéns ao pastor Estevam, sua esposa e toda liderança do Distrito do Coqueiro".

Carlos Ferreira Presidente da Associação Bahia Central:

O presidente aplicou textos do capítulo 2 de Atos a partir do verso 36, dizendo:

"Esteja absolutamente certa, pois, toda a casa de Israel de que a este Jesus, que vós crucificastes, Deus o fez Senhor e Cristo. Ouvindo eles estas coisas, compungiu-se-lhes o coração e perguntaram a Pedro e aos demais apóstolos: Que faremos, irmãos? Respondeu-lhes Pedro: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo para remissão dos vossos pecados, e recebereis o dom do Espírito Santo. Pois para vós outros é a promessa, para vossos filhos e para todos os que ainda estão longe, isto é, para quantos o Senhor, nosso Deus, chamar. Com muitas outras palavras deu testemunho e exortava-os, dizendo: Salvai-vos desta geração perversa. Então, os que lhe aceitaram a palavra foram batizados, havendo um acréscimo naquele dia de quase três mil pessoas."

Continuou dezendo, o pastor Carlos: - O projeto Igreja nova de novo, visa duas reformas, a reforma de vida e reforma das pessoas. Levar as pessoas a um compromisso com Cristo e sua igreja é isso que faremos e assistiremos nessa noite com o batismo de duas almas que reformaram suas vidas e as dedicarão a Deus hoje pelo ato público do batismo. São os novos adventistas do 7º dia, Fabiana e Vitor.

Batizados pelo pastor Hamilton, Fabiana e Vitor receberam das mãos do pastor Estevam o Kit Missionário.

Ao findar a propgaramção, o pastor Urbano, leu o Termo de Dedicação a Deus, da nova Casa, com participação da congregação.


217 visualizações0 comentário

Comentarios


bottom of page