top of page

NOITE DE LOUVOR, ESPECIAL 10 ANOS DA BANDA “DusIrmãos”

“A comunidade adventista de Araci, assistiu com um viés de emoção e alegria uma NOITE ESPECIAL DE LOUVOR oferecida a Deus como o primor da programação e a toda a membresia e amigos das igrejas que compõem os dois distritos pastorais em Araci.

Era noite de celebração do que não pode deixar de considerar “BODAS DE ESTANHO” de uma banda que nasceu em 2013, para contar numa linguagem com pouca fala e muita música experiencias incríveis de superação e intervenção da mão divina nesse caminho estanhado de 10 anos.

Bodas de estanho para dez anos é o que traduzem os cerimoniais do tempo. O estanho é um dos primeiros metais utilizados pelo homem há mais de três mil anos e sua característica, de primeiro entre tantos metais mais valiosos que ele, lhe confere o orgulho de chegar primeiro.

Bem assim comemora a “DusIrmãos”. Pode haver mais bandas nesse distritão do grande Raso, mas ninguém vai tirar-lhe o despretensioso orgulho de ser a primeira banda a marcar presença entre a comunidade adventista, desde que nasceu a igreja em 1946.

Seus dez anos de história foram desenhados, cantados e visualizados em diferentes formas. Imagens de seu começo, trajetória artísticas em diversos lugares, dificuldades e as vezes riscos iminentes, mas acima de tudo, testemunhos individuais de como Deus cuida de seus filhos, que decidem dedicar seus talentos à Seu serviço, com a missão de atrair com o ministério da música, pessoas para seguirem a Jesus.

Porque o nome “DusIrmãos”?

“Em nosso começo dificultoso, quando chagamos aa Araci para fixar residência, trouxe na alma o ministério da música, desenvolvido na minha igreja de origem, na cidade vizinha de Serrinha.

Vim para Araci, movido por uma força que nos arrasta de qualquer jeito. Essa força me trouxe a Araci para ganhar uma namorada, que virou minha noiva e hoje é dona de meu coração, meus filhos, tudo que tenho e seu nome é Milena. – Explicou José “Zé”, o líder do grupo aniversariante.

Começamos o ministério com alguns jovens amigos da igreja central e de outras igrejas, e como não tínhamos instrumentos, pedíamos emprestado a irmãos que os tinha e começamos nosso trabalho. A banda foi dando certo e quando perguntavam pelo nome, respondíamos: “É uma banda dos irmãos solidários que nos emprestam os instrumentos”. Esse referencial ficou e não tivemos mais disposição de trocar de nome, mesmo desprezando sugestões até mais bonitas” – Historiou Zé.

Muitas mudanças ocorreram, mas de forma a melhorar nosso plantel de vozes, instrumental. 'Hiatos' e recomeços, o grupo entra agora está em uma nova fase que marca a consolidação de uma banda, marcando presença e agradando no cenário local e externo, sinalizando, muitos convites para apresentação em outras cidades e municípios, realização de turnês em três cidades e igrejas destacadas no interior e na capital.

A programação que se realizou com maior peso musical e de testemunhos, teve momento de culto de ação de graças, quando Dominique, o orador convidado proferiu um sermão de gratidão e consagração para o grupo e para toda a igreja que se apresentou solidamente cheia para prestigiar as bodas da banda “DusIrmãos”.




138 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page