top of page

CREAS de Araci realiza passeata contra exploração sexual de crianças e adolescentes

Na manhã desta terça-feira (21), rios de esperanças pareciam inundar as vias principais da cidade de Araci e uma onda de vozes se misturavam, formando um grito único: “FAÇA BONITO”.

“Faça a sua parte, seja solidário, consciente, seja um responsável social e entre no Combate à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes” foi o grito que se ouviu da professora Soraia, coordenadora do CREAS-Centro de Referência Especializado de Assistência Social da Secretaria de Desenvolvimento Social da Prefeitura Municipal de Araci. O CREAS funciona como uma unidade fundamental de no trato com um dos segmentos de políticas públicas da Assistência Social, cuidando de famílias e pessoas que estão em situação de risco social ou tiveram seus direitos violados. Dentro desse universo de atenção, estão as crianças e os adolescentes, admitidos pela Prefeitura Municipal e sua estrutura social, como carentes de cuidados especiais, que lhes possam garantir um futuro onde a dignidade e os direitos de cada destes pequenos cidadãos, aracienses, sejam plenamente respeitados.

Como uma onda gigante e estrondeante, a passeata percorreu as principais vias da cidade, fazendo uma parada imperativa, em frente ao Fórum da cidade e em frente à Cãmara de Vereadores que estava tendo em curso sua sessão ordinária. Chamando a atenção de todos para a importância da vigilância e do cuidado constante com as crianças e os adolescentes, os organizadores, apoiadores, jovens, crianças e adolescentes, empunhavam cartazes com mensagens de apoio e pedidos de paz.

(Entre lágrimas, a secretária Galba da Educação, dirigiu palavras de conforto à familia ds menina Alice, vítimada pela violencia sexual no ano passado, edjetivou o movimento de homenagem à menor, e disse: "Alice estará sempre viva em nossos corações como uma mártir desse movimento em favor de nossas crianças e adolescentes".

A mobilização, teve o apoio da secretaria de educação e participação de diretores de escolas da rede municipal, demonstrando a força de uma educação que transcende os muros da sala de aula e se faz presente nas questões sociais mais urgentes.

A passeata reforçou, também, a mensagem de que cada criança e os adolescente merece crescer em um ambiente seguro e amoroso, mensagem repassada em cada fala de participantes, lembrando o caso da pequena Alice, que abalou as estruturas sociais da cidade, com repercussão nacional.

Em sua parada em frente à Câmara Municipal, a passeata impactou a tal ponto os parlamentares, que o vereador presidente Guinha de Pascoal, incontinente, suspendeu a sessão, mesmo estando a vereadora Edneide em pronunciamento na Tribuna, e todo o plenário se desfez e foram para fora prestigiar com suas presenças o movimento.

Em frente ao paço do Legislativo, aconteceram pronunciamentos em torno do evento. Após o pronunciamento da coordenadora Soraya do CREAS, falaram também, vice-prefeita Gilmara, que no evento representava a prefeita Keinha, a vereadora Edneide, represento todos os parlamentares ali presentes, o Secretário Messias Augusto da Secretaria de proteção à infância e juventude, a psicóloga Gilma Reis e a secretária Galba Rejane da Secretaria de educação. 


116 visualizações0 comentário

Opmerkingen


bottom of page