Campanha “Quebrando o silencio” da Igreja Adventista em sua 9º versão em Araci


Há 20 anos, a campanha Quebrando o Silêncio, realizada no Brasil e em mais seis países da América do Sul, vem ajudando no combate à violência e na construção de famílias emocionalmente mais saudáveis.

Toda a igreja como membresia, se envolve o ano todo auxiliando pessoas se tornam reféns da violência psicológica, porque dependem emocional e/ou financeiramente do agressor. São mulheres, crianças e idosos que são afetados por esse tipo de abuso e o objetivo da igreja é a aproximação e o diálogo, visando orientar e indicar ajuda profissional.

As principais ações desse projeto contínuo de ajuda, ocorrem sempre no quarto sábado de agosto, por isso hoje, a igreja adventista em Araci separou esse (sábado 20 de agosto) para dar ênfase ao projeto com uma passeata nas ruas da cidade, divulgando o “Quebrando o silencia 2022,) com orientações através de som volante e distribuição de literaturas sobre o tema do ano.

Durante o percurso, o pastor Flavio Souza da igreja central, se comunicava com os passantes e com as pessoas que eram alcançados pelos voluntários que lhes entregavam revista e folhetos do evento.

Como sempre, a presença dos desbravadores e dos garotos aventureiros, contribuíram para que maior número de pessoas fossem alcançadas com a abordagem e entrega de m ateria.

A primeira versão do Quebrando o silencio em Araci, foi em 2014 e até 2019, ano de sua 6ª versão, a campanha impactou a cidade de forma sensacional e nos anos 2020 e 2021, a campanha se limitou a contatos e ajudas individuais, devido às restrições do período da pandemia.

Nesse ano, de sua 9ª versão a campanha retomou seu maior brilho impactando a cidade com o tema “Violência Psicológica” como bem ilustra o cartaz publicado abaixo.

Desde cedo a comunidade adventista da igreja Central e outras igrejas de bairros da cidade, se concentraram na Praça José Ferreira e na igreja sede, participaram da Escola Sabatina e do Culto Divino para depois saírem às ruas.

A membresia da igreja central, estava representada ali por muitos jovens, adultos e até os mais idosos, se envolveram sem fadiga. (veja, 7 imagens)

No culto de preparação para a campanha, a advogada e psicóloga Lais Leite, desenvolveu uma palestra sobre a família como plano de Deus baseado no gênesis e após esses dois primeiros momentos, todos saíram em passeata, iniciada às 11 horas, dando uma volta nas ruas centrais da cidade e retornando à praça José Ferreira por volta das 12:40h.

Um destacamento da Polícia Municipal, acompanhou a evolução da campanha em seu trajeto, facilitando o fluxo e orientando o trânsito que fluiu sem qualquer transtorno. A Guarda Municipal, sempre presente nestes eventos recebeu elogio e gratidão da coordenação do Quebrando o Silencio.

122 visualizações0 comentário