top of page

Araci comemora hoje, 65 anos de Emancipação Política

Atualizado: 8 de abr.



Corrida Rústica, promovida pela Secretaria de Esporte e Laser, ato cívico, apresentação de Desbravadores, missa solene e atrações musicais para todo tipo de público, marcaram o dia 7 de abril, data magna de sua emancipação.


A Prefeitura Municipal de Araci através das Secretarias de Esporte e Lazer, de Educação e de Cultura, preparou um dia de festa, comemorar os 65 anos de emancipação política do município neste primeiro domingo de abril, quando ocorreu o desmembramento do território de Araci como Vila do município de Serrinha.

7 de abril foi consagrada, data magna da independência de Araci ocorrida em 1959, tornando-se preceito constitucional assentado na Lei Orgânica do Município que reza:

(§ 2º - O dia 07 abril, data oficial comemorativa da emancipação, será feriado em todo município, devendo haver sessão solene comemorativa à data).

A programação do dia começou pelas seis horas da manhã, a tradicional “CORRIDA RÚSTICA”, - (Corredores encarando 6km de. Prova, passando por diferentes tipos de solo), organizada pela Secretaria de Esporte e Lazer. Os maratonistas foram depois, premiados em ato específico na Praça de Eventos, depois de participarem do Ato Cívico em frente ao Paço Municipal, onde ocorreu o hasteamento das bandeiras, do Brasil, da Bahia e de Araci.

Durante o momento cívico, todos puderam assistir a uma apresentação de ordem unida, executada por um pelotão especial de Desbravadores do Clube Rainbow da Igreja Adventista, acontecendo depois disso a Missa Solene em comemoração aos 65 anos de emancipação de Araci.

A prefeita Keinha, a vice Gilmara, secretários municipais e vereadores participaram desse momento litúrgico, dedicado à celebração data magna do município.

A sessão solene que de praxe normativa deveria ter sido realizada em obediência à lei magna (lei orgânica municipal), não se realizou neste 7 de abril, em virtude de obras realizadas no plenário da câmara, explicou o presidente vereador Guinha de Pascoal.

No momento cívico em frente à Prefeitura, se pronunciaram sobre a data, a prefeita Keinha e a vice Gilmara.

“Parabenizo essa terra tão amada e querida por todos nós e me sinto honrada de participar desse momento tão especial como prefeita deste município.

“O sentimento hoje é de muita alegria e reafirmo aqui o meu compromisso de continuar trabalhando incansavelmente para que a nossa cidade avance e se desenvolva cada vez mais” - Iniciou a prefeita Keinha.

Os corações de todas as famílias aracienses, estão em festa, todos felizes por serem descendentes de homens e mulheres que lutaram pela liberdade de nossa gente. Keinha estendeu seus agradecimentos ao secretariado citando nominalmente cada um deles e também agradeceu especialmente às secretárias que estavam demissionários, para participarem como candidatos no próximo pleito de outubro e dirigiu seu abraço receptivo aos novos secretários que se agregaram como substitutos à estrutura administrativa do município.

A prefeita finalizou agradecendo também à presença e participação dos Desbravadores naquele ato cívico e aos integrantes da Policia Municipal que marcaram presença dando apoio ao evento.

Dalí a prefeita foi para a igreja matriz para participar da missa solene.

Em suas palavras a vice-prefeita Gilmara, Gilmara, fez evocação à data 7 de abril e aos 65 anos de emancipação política de Araci.

Ela que sendo vereadora de três mandatos, falou da luta de seus colegas históricos, que lutaram como representantes da Vila de Araci, submetida ao município e Serrinha e fez um preito honroso a todos os que lutaram até o ano de 1959, quando nesta mesma data, se instalou em Araci a primeira câmara livre do jugo de Serrinha.

“Pedimos a Deus que nos dê força para continuar nossa luta por independência e que nos próximos anos nos encontremos mais uma vez nesta data, para celebrar, além de emancipação, comemorar mais desenvolvimento, mais progresso e muita prosperidade para essa terra” – concluiu.

Após a missa, a população se concentrou na Praça de Eventos, (Praça do Tanque da Nação), onde o secretário Renivaldo Batista de Esporte e Lazer, fez proceder a entrega dos prêmios e troféus, aos participantes da corrida rústica em suas modalidades; 

No podium, subiram pela ordem para serem contemplados e condecorados os participantes da Categoria Idade-acima de 60 anos. 

1.      Equipe feminina:

Primeiro lugar, Vanda.

Vanda recebeu um cheque sinalizando o prêmio de 400 reais e recebeu das mãos das autoridades o troféu que era conduzido pelos desbravadores do Clube Grandes Arautos da igreja sede de distrito no bairro do Coqueiro.

Nessa mesma dinâmica de entrega foram premiados os outros participantes:

2.      Equipe masculina categoria laranja acima de 60 anos

Campeão, Manuel

3.      Categoria verde 49 a 59 anos Feminino

Campeã, Carmem

4.      Categoria verde de 49 a 59 anos Masculino

Campeão, Adalberto da Silva 

5.      Categoria Roxo 38 a 48 anos feminina

Campeã, Maria de Fátima 

6.      Categoria Roxo MASCULINA

Campeão, Wesley Moreira

7.      Categoria amarelo Feminino 27 a 37 anos

Campeã, Maria Juciara

8.      Categoria amarelo Masculino 27 a 37 anos

Campeão, Claudiney Lima

9.      Categoria Rosa 16 a 26 anos feminina

Campeã, Emily

10. Categoria Rosa 16 a 26 anos Masculino

 Campeão, Leandro dos Santos

A comunicadora oficial da prefeitura, Adila Santana, anunciou mais atrações durante a tarde no mesmo local, fechando as comemorações do 7 de abril.

Nesse ano destacou-se uma inovação, pela participação de desbravadores, que além de abrilhantarem o evento com a presença, participaran efetivamente no ato condecorativo, levando os troféus até o pódium. Orientados pelo pastor José Estevam, eles deram outro show à parte no rito das condecorações e premiações.

 

352 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page