top of page

ARACI – Câmara abre Ano Legislativo e presidente Guinha de Pascoal fala de participação do cidadão


Na ultima terça feira de fevereiro (28), os vereadores entraram em sessão legislativa de modalidade ordinária, a primeira de abertura dos trabalhos do ano legislativo 2023 e por ser assim, contou com a presença de autoridades do Poder Executivo, da sociedade civil e prresença considerável da população.

Com um plenário formado pelos 15 vereadores, o presidente Guinha de Pascoal fez suas primeiiras saudações e tendo sido cantado os hinos nacional e municipal, o presidente abriu os trabalhos da sessão falando a todos sua mensagem oficial.

Em suas palavras o presidente Valter Andrade de Oliveira, sinalizou que a nova mesa eleita para o biênio 2023 e 2024, estariam unidos no esforço comum em desenvolver metas visando a melhoria do perfil da Câmara Municipal . “Isso significa uma linha de ações, inovadoras e práticas habituais, para estreitar a relação entre o cidadão e a Casa da Cidadania” disse Guinha de Pascoal.

Mais adiante em seu discurso, o presidente disse que Entre essas ações, a Tribuna Livre será usada como um instrumento democrático, parra estimular a aproximação e a participação popular. “Se a Casa é do povo, nela tem de haver uso permanente desse espaço, para debater o município e suas políticas públicas” – disse finalizando suas primeiras palavras.

A participação da sociedade nas sessões, já pode ser constatada com a participação, de representante do segmento religioso evangélico, pastor Luiz Leandro, da Assembleia de Deus. Pastor Leandro é presidente do Conselho Político da Convenção Estadual da Assembleia de Deus no Estado da Bahia e aceitou o convite do presidente Guinha para abrilhantar com sua presença e representação na primeira sessão do ano legislativo.


Também se fizeram representar a classe de professores, com a participação na Tribuna Livre do professor Elmer Carvalho, falando em nome dos profissionais da educação, filiados à APLB- Sindicato, do qual titular como Delegacia Regional do Sisal.

O professor Adriano Araújo, que foi prefeito de Teofilândia, foi outro convidado para falar como representante da classe política da vizinha câmara de Teofilândia.

Tratando-se de um protocolo regimental, nessas sessões que abrem os trabalhos do legislativo, os chefes do Poder Executivo comparecem para apresentarem a Mensagem do Executivo e na ausência da prefeita Keinha, essa mensagem foi proferida pela vice-prefeita Gilmara.

No segundo momento, a sessão incorporou seu rito normal, de leituras de praxe, ocorrências de pauta no Primeiro Expediente e apreciação e votação das matérias incluídas na Ordem do Dia do Grande Expediente.

Outras evidencias como a inclusão de interpretes de Libra, para atuarem como mediadoras entre o público surdo nas sessões. Essa inivação é uma reivindicação de parte da população surda, para que o conteúdo das sessçoes, podessem ser traduzidos para a Língua de Sinais em todos os contextos. As intérpretes são Natiele e Railane.

Há de se registrar já nesta prrimeira sessão ordinária no comando dessa nova mesa, sendo o presidente Guinha de Pascoal, vice, vereador Virgilio, primeiro secretário, Léo de Marlúcia e segundo secretário, vereador Luizinho, uma outra novidade, que foi a oferta de um lanche ligeiro, servido especialmente para os que se propõem vir de longe, para assistir e prestigiar os trabalhos dos vereadores nas sessões. “Trata-se de um lanche ligeiro, um tanto simples, mas de bom gosto e será servido, enquanto durar o período de gestão dessa nova mesa” – disse o presidente Guinha.



106 visualizações0 comentário

Kommentare


bottom of page