Bem-vindo | 15/06/2021

Portal Folha - O seu Jornal Online

Os 72 anos do “Senhor Cidadão”

O baiano que escreveu que “o triunfo da corrupção” levaria o homem a ter vergonha da de ser honesto, nasceu na capital da Bahia de todos os Santos em 5 de novembro de 1849. 67 anos depois, nesse mesmo dia nasceu em outra Baia, Baia da Guanabara o Senhor cidadão Grênivel Moura

Por Gidalti Moura

dom, 06/11/2016 às 18:14

Se o velho marinheiro João Moura lhe dar um nome de suas paixões suviéticas, lhe desse talvez o nome de “Sérgio Moura” Grênivel seria uma replicação araciense e baiana de seu quase xará “Sérgio Mouro” que se consagrou como o carrasco dos corruptos desse país.

Possuidor de uma trajetória dada como desprezível por uma comunidade que o viu sacudir a ambiente político de seu tempo quando vereador de seis anos de exercício o vereador Grênivel Moura deveria ser adotado como modelo de um parlamentar que faz falta desde a 1983 a 1988 ao verear na sétima legislatura como implacável denunciante das corrupções, vigarices e fraudações, práticas já comuns na administração pública de Araci desde sua maioridade como comuna livre.

Aos registros da história e ao tempo que corrói a trajetórias dos maus, não há quem resista ou negue-lhes os fatos.

Ao completar seus setenta e dois anos, Grênivel se encontrava na terra que o recebeu ainda nas fraudas em 1946. Aqui, quando passa em meio à sua milícia instintiva e sem remuneração em favor da moralidade, toma pé da situação política e administrativa e como tudo sabe sobre as verbas públicas que caem nas contas, se comporta com indignação e uma irresistível conduta de fiscal que aprendeu a ser.

Sua indignação que deveria ser um ponto alto de incentivo na Casa que fiscaliza a gestão pública é vista por alguns colegas vereadores que ocupam talvez a sua cadeira no parlamento como “terrorismo, intromissão e desjuízo”.

Seu desempenho como fiscal do povo levou a UVEBA-União dos vereadores da Bahia à outorga do título de “Vereador Emérito da Bahia” como um indicativo de que sua intrepidez não teve fim quando findou seu mandato eletivo e a honra ao mérito que deveria orgulhar os colegas de hoje foi trajada como chacota na tribuna da câmara nas vésperas do aniversário desse ícone que muitos querem eximir da história do legislativo de Araci.

O que se pode esperar de membros de um poder fiscalizador que tem medo e vergonha de ser um Grênivel Moura?  Se a pergunta for feita a aracienses de seu tempo como seus colegas vereadores Valdomiro Pinheiro, José Luiz Boaventura, Antônio Fernando, Miguel Moreira, José Eliotério, Prisco Barreto Pinho e José Augusto Barreto, eles hão de redarguir: O que esperar daqui pra frente!

Os 72 anos do “Senhor Cidadão” Grenivel-0
Os 72 anos do “Senhor Cidadão” Grenivel-0

HOMENAGEM:

Portalfolha.com

Folha dos Municípios

UBAM-União Brasileira de Municípios

Comentários