Bem-vindo | 17/05/2021

Portal Folha - O seu Jornal Online

Encontro de tucanos, democratas e pmdebistas para ouvirem: Aécio Neves, Paulo Souto e Geddel

O Portalfolha cobriu ao vivo o encontro já havia sido divulgado nele e por outros veículos de comunicação. Foi hoje em Feira de Santana no auditório do Ibis Hotel ao lado do Shopping Boulevard que desde as 14h00minh. passou a receber uma multidão de correligionários e lideranças dos partidos, PSBB, Democratas e PMDB.

Por Gidalti Moura

seg, 12/05/2014 às 23:06

Encontro de Aécio, Paulo Souto e Geddel em FeiraO encontro que vinha sendo anunciado pelos veículos de comunicação se realizou hoje em Feira de Santana no auditório do Ibis Hotel ao lado do Shopping Boulevard que desde as 14h00minh. passou a receber uma multidão de correligionários e lideranças dos partidos, PSBB, Democratas e PMDB.

O prefeito José Ronaldo (DEM) como anfitrião ocupou o centro da grande mesa que foi composta pelos pré-candidatos a presidente da republica, governador do Estado e senador, Aécio Neves senador pelo PSDB, pré-candidato à presidência, o ex-governador Paulo Souto pré-candidato do DEM ao governo da Bahia e o deputado federal Geddel Vieira Lima candidato a senador pelo PMDB.

Depois de saudar os companheiros e a todos as mais de 600 pessoas que assistiram ao encontro, o prefeito José Ronaldo (DEM), apresentou os oradores começando por Geddel.

O deputado pmdebista se lembrou de suas conquistas como deputado federal citou seu trabalho na relatoria da emenda que quebrou o monopólio das telecomunicações e falou de seu relacionamento com o senador Aécio e do apoio que sempre teve dele no Congresso Nacional.

 

Encontro de Aécio, Paulo Souto e Geddel em FeiraGeddel fez um discurso em tom crítico ao governo do PT e chegou a dizer em meio ao seu pronunciamento que participou da eleição do governo Wagner na Bahia e disse ter se enganado com um governo que se desviou de um projeto de desenvolvimento sonhado por ele pala Bahia. “Hoje o governo da Bahia pode ser chamado de governo da TV e o governo que agente vê”, disse Geddel.

Criticou o hospital geral de Feira, de seu estado em que se encontra a reforma do aeroporto e de sua ampliação que chamou de “puxadinha” e disse que o governo faz propaganda de água, sem ter construído uma barragem na Bahia e criticou a segurança de forma alarmante.

“É preciso resgatar a esperança dos filhos dessa terra com um governo que se preocupe com seu povo, pois o governo que aí está se esqueceu dos baianos. Toda vez que há uma bola dividida entre a Bahia e o PT, o governador fica com o partido e se esquece da Bahia”, disse no final de seu discurso o deputado e pré-candidato Geddel.

Falou de Paulo Souto como alguém que sempre comungou com ele e que sonha o mesmo destino para a Bahia e disse de Aécio Neves: “Um homem sábio, sabe fazer politica e utiliza-la como instrumento de benefício para os brasileiros. Governou Minas e mudou seu estado e reúne condições de mudar o Brasil porque é preparado”, finalizou.

Paulo Souto:

Encontro de Aécio, Paulo Souto e Geddel em FeiraMuito aplaudido e recepcionado pela multidão, o ex-governador Paulo Souto foi o segundo a falar e começou falando de Aécio Neves como pré-candidato a presidente. A simpatia e preocupação de Aécio pela Bahia sempre existiu e vem se confirmar nessa pré-campanha, pois já visitou a Bahia duas vezes, disse Souto.

“Estamos cheios de confiança nesse novo momento que o Brasil estará vivendo com esta aliança entre” disse Paulo Souto…

Não será fácil nossa cainhada, mas não vamos hoje aqui falar de dificuldades. Sabemos que as mesmas dificuldades que teremos na Bahia, Aécio terá no Brasil, mas nada que não possamos superar, disse o ex-governador.

Lembrou de Luiz Eduardo Magalhães como político que ajudou o Brasil quando o PSDB implantou seu projeto de desenvolvimento com FHC e falou de Aècio o comandante deste novo momento das novas transformações que o país precisa.

Paulo Souto não deixou de criticar os rumos da Bahia com o governo do PT criticando a falta de segurança, a situação caótica da saúde e disse que a crise da segurança era resultado da falta de dialogo e entendimento entre o governo e as corporações. “A Bahia que em outros tempos era 4º Estado menos violento, hoje é o 5º mais violento do Brasil”, disse Souto.

E dirigindo-se ao companheiro Aécio disse: “O senhor presidente conhece a situação da Bahia e tem a sensibilidade de querer que isso mude. Temos certeza que iremos mudar porque Aécio e Paulo Souto vão vencer as eleições e juntos vamos vencer os problemas do Brasil e da Bahia”, disse. Paulo Souto falou também do Hospital Geral de Feira e disse que como governador irá com apoio do presidente Aécio trazer o hospital que Feira Precisa e a região também, finalizou.

Aécio.

O senador do PSDB Aécio Neves ficou empolgado com a recepção que lhe fizeram.

O senador do PSDB Aécio Neves ficou empolgado com a recepção que lhe fizeram.

Depois da indicação de meu nome para disputar pelo PSDB e nossos aliados a presidência da república, é a primeira vez que venho à Bahia. Já tinha vindo, mas sem ser ainda pré-candidato. Nessa primeira viagem como tal, pedi para vir primeiro em Feira de Santana. Queria ter o prazer de ser recebido pelo maior administrador de todos os tempos que é José Ronaldo, disse Aécio.

José Ronaldo não é conhecido somente em Feira e na Bahia não, ele é conhecido em todo Brasil.

“Estamos iniciando uma nova caminhada por um Brasil diferente, onde os jovens abram os jornais e vejam nas telas seus governantes fazendo gestões decentes e tenham orgulho de seus governantes por administrarem com responsabilidade e não se envergonhem das irresponsabilidades que estão acontecendo nesse país”, disse Aécio.

Orgulho-me de minhas origens e falou de seu pai Aécio Cunha, vizinho dos baianos, morando no Vale do Jequitinhonha e falou de sua convencia com os baianos como coisa de infância. Hoje estamos aqui como vizinhos queremos construir um projeto juntos. Nossa responsabilidade é imensa. Não podemos dizer que temos um projeto alternativo, temos de dizer que temos um compromisso de mudar o país implantando um novo modelo de desenvolvimento. Um projeto onde a propaganda seja substituída por ações concretas e obras efetivas para mudar a vida das pessoas, disse o senador.

No inicio dessa caminhada a Bahia deu a maior demonstração de capacidade politica, abraçando um projeto coletivo na construção da mais perfeita aliança politica entre partidos fortes. Essa aliança além de animar nossos companheiros, faz tremer os nossos adversários, completou o pré-candidato.

Aécio falou de Geddel como companheiro na Câmara Federal. “Quando cheguei a comandar a Casa do povo, foi porque esse valente líder do PMDB disse que estaria ao meu lado e nunca me decepcionou assumindo todos os compromissos”. E se dirigindo a Geddel disse “Já mandei encerar o meu gabinete no Senado para que você possa ocupar o meu lugar e trabalhar pela Bahia e pelo Brasil”.

Aécio também fez duras críticas ao governo DO PT “O apego pelo poder de quem está ai deve ser combatido. Eles acham que podem fazer tudo para se manter no poder, mas o sentimento das pessoas, como disse Geddel, é de que o tempo deles já passou”, falou Aécio.

O governo do PT só tem falhado no Brasil. Falhou na condução da economia, a inflação saiu do controle e a credibilidade do Brasil cai a cada dia. O PT falhou na construção de uma infraestrutura, o país virou um cemitério de obras inacabadas. A Transnordestina está parada sem previsão de acabar, a transposição do Rio São Francisco é uma piada, de três milhões, já se gastou oito e não se sabe onde vai parar.

Nós iremos resgatar o planejamento brasileiro. Sou reconhecido por administrar com prioridades e como presidente vou adotar um plano de prioridades nacionais e regionais.

Vamos fazer com que os recursos cheguem aos municípios sem precisarem de marchas a Brasília em busca de socorro. Já mudei a realidade de 853 municípios de Minas Gerais e podemos mudar a realidade do Brasil.

Comentários