Bem-vindo | 18/06/2021

Portal Folha - O seu Jornal Online

Câmara de Araci, cada sessão é um flash!

Mesmo não estando como jornalista na platéia, o Editor Gidalti comenta ter assistido o vereador Laerto repreender o presidente por permitir a discussão de um projeto intempestivo naquela sessão. “Vossa Excelência disse que nenhum projeto entraria na pauta desta casa sem cumprir o prazo regimental, e agora muda o princípio colocando em votação um projeto que não chegou a tempo de ser analisado e quer que aprovemos”, disse o vereador Laerto.

Por Gidalti Moura

ter, 28/05/2013 às 19:26

Por: Gidalti Moura

Cada sessão é um flash.Quem não se lembra do “bordão” que a saudosa atriz Maria Virgínia, a “Odete” da novela O Clone quando se referia ao Piscinão de Ramos: “Cada mergulho é um flash!” Pois é. Quando minha agenda permite estar na Câmara, pelo menos nas duas últimas, fico a gracejar comigo mesmo sobre a forma folclórica como as sessões acontecem.

Na penúltima, aquela cena da oposição virar a mesa e tomar conta da sessão e na sessão de hoje assisti o desenrolar inédito de uma demanda regimental entre o vereador Laerto e o presidente José Augusto. Foi um verdadeiro flash!

Flash é aquele momento instantâneo quando uma luz é disparada em um ambiente lúgubre produzindo um forte e curto clarão e aí, aparece o objeto, a foto. Esse bordão de sucesso nacional vem sendo utilizado no maio jornalístico que usa o “vocábulo” para chamar uma nota breve de algum fato forte. Mesmo não estando como jornalista na plateia, o fato de assistir o vereador Laerto repreender o presidente por permitir a discussão de um projeto intempestivo naquela sessão. “Vossa Excelência disse que nenhum projeto entraria na pauta desta Casa sem cumprir o prazo regimental e agora muda o princípio colocando em votação um projeto que não chegou a tempo de ser analisado e quer que aprovemos”, disse o vereador Laerto.

Vi naquele momento sair pelo ralo do “piscinão” mais uma chance para o grupo de oposição mostrar sua força. Bastava que todos apoiassem o vereador Laerto em sua posição, pois estava certo ao emparedar o presidente. Vi também no presidente José Augusto a postura de um político perspicaz quando reconheceu que o vereador estava certo, mas que diante da urgência do projeto “decidiu” com prerrogativas de presidente, propor aos pares, a inclusão, a discussão fora da mesa e a consequente votação que aconteceu com a maioria e com o voto de abstenção de Laerto.

O segundo momento do flash foi testemunhar a convocação do presidente, a todos os vereadores de oposição e em seu gabinete discutiu, acordou e até como disse o próprio presidente, “se desarmar para encontrar um coeficiente de entendimento para o bem da Casa Legislativa e o respeito do povo”. O presidente relevou situações de posições tomadas contra alguns como no caso da punição ao vereador Léo e todos, por mim, foram vistos sair  em clima de “todos em flashes, flashes por um”. Parabéns a todos.

Veja os projetos votados no matéria de Do karmo Carvalho

 

Comentários