Bem-vindo | 13/06/2021

Portal Folha - O seu Jornal Online

Vereadores cobram a transmissão das sessões pela Cultura FM.

A sessão foi iniciada faltando doze minutos para as 10 horas pelo presidente Edvaldo Pinho, foi lida a ata e o expediente do dia, depois foi voltado o parecer do TCM sobre as contas do município no qual foi aprovado.

Por Do Karmo Carvalho

ter, 01/03/2011 às 18:15

Desmotivados, relaxados e até brincalhões. Assim foi o comportamento dos quatros vereadores que falaram na tribuna da Câmara de Vereadores de Araci na primeira sessão de março do mês de março.  Gilmara, Rômulo, José Augusto e Leandro falaram na tribuna de forma bem descontraída, afinal não tinha os ouvintes da Cultura FM e no plenário apenas uma meia dúzia de pessoas.

A sessão foi iniciada faltando doze minutos para as 10 horas pelo presidente Edvaldo Pinho. Foi lida a ata e o expediente do dia, depois foi votado o parecer do TCM sobre as contas do município o qual foi aprovado. Em seguida o presidente convidou a vereadora Gilmara Góis para o seu pronunciamento.

Vou guardar os cartuchos para quando as sessões forem transmitidas pela Rádio Cultura FM

“Quantos empregos foram gerados” – Depois de parabenizar o Vereador Rômulo pela passagem do seu aniversário, foi a expressão inicial usada pela Vereadora Gilmara quando elogiava o Complexo Turístico do Poço Grande. Para ela,  foi um dos maiores e bem marcantes projetos da atual gestão, mas pediu que a comunidade local  ajude na preservação. “Peço a comunidade do Poço Grande que cuide bem dessa obra, é um patrimônio público porque foi feito com dinheiro do povo. A prefeitura deu a vara, vocês agora têm que pescar o peixe”.

Gilmara pediu ainda atenção especial do Presidente sobre o distrito de Pedra Alta, onde um aterro sanitário está prejudicando o meio ambiente, além disso, deu indicações sobre a construção de duas escolas na região de Cajueirinho e no povoado de Rua da Palha e a revitalização da ponte do Rio Itapicuru.

“Vou guardar os cartuchos para quando a sessão for transmitida” – Ironizou o Vereador e Ex-Secretário de Saúde Rômulo Carvalho Matos. Na tribuna o vereador não fez um discurso prolongado como de costume, apenas parabenizou a obra do Complexo Turístico do Poço Grande e em especial ao Presidente e Vereador Edvaldo Pinho idealizador do projeto. “Eu tinha muito mais coisas para falar aqui para a população, mas vou guardar os cartuchos para quando as sessões forem transmitidas pela Rádio Cultura FM”. Finalizou o Vereador.

“Não posso dizer ao povo da Cultura FM” – Assim saudou o Vereador José Augusto quando iniciava sua fala na tribuna. O Vereador que é líder da oposição não trouxe críticas ao governo municipal, apenas solicitou o Presidente da Câmara que convidasse o Doutor Nilson para receber numa sessão solene o título de cidadão Araciense. “Dr. Nilson é um profissional que já fez muito pelo nosso povo e isso merece ser reconhecido.” Augusto parabenizou ainda o projeto do Poço Grande e pediu que todos os critérios fossem devidamente observados para que futuramente não venham prejudicar a comunidade, o município e principalmente o meio ambiente. “Vou deixar para falar mais quando a sessão estiver sendo transmitida”. Concluiu.

“Vou deixar para falar mais quando a sessão estiver sendo transmitida”

“Vou deixar para falar mais quando a sessão estiver sendo transmitida”

“Fico constrangido quando tenho muitas informações para a sociedade e não tem a transmissão” – O Vereador Leandro iniciou dizendo que teria muito á falar para a comunidade, principalmente sobre a denúncia feita por um morador do povoado de Lagoa do Boi no Programa Patrulha da Cidade na manhã desta terça-feira. Na denúncia, o morador disse que o Vereador Leandro teria suspendido o abastecimento de água em sua casa por questão que o mesmo teria votado na sua colega Vereadora Gilmara na última eleição, e não no vereador.    Em entrevista ao Folha, Leandro disse que em momento nenhum ele enviou caminhões pipas para a comunidade de lagoa do boi, por isso considera um equívoco por parte do morador e garantiu que vai tomar providência. “Nunca enviei um caminhão de água para aquela comunidade porque nunca fui solicitado. O abastecimento de lá é responsabilidade da Secretaria da Agricultura através de senhas e do sistema Araci Norte”.  Concluiu o Vereador.

O Certo é que pouco se foi dito e falado, o relaxamento dos Vereadores e a tranquilidade dos discursos é o efeito “estamos mudo” por não ter os ouvintes da Cultura FM de Araci como platéia.

Por: Do Karmo Carvalho.

Comentários