Bem-vindo | 18/06/2021

Portal Folha - O seu Jornal Online

Presidente José Augusto garante aprovação do Projeto de Regulamentação da Lei de proteção contra a poluição sonora

“Oprojeto não vai proibir ninguém ligar o seu som”, e até citou que ele mesmo tem um som automotivo. “É apenas uma ferramenta para que as autoridades saiba identificar quem está excedendo os limites do silêncio, regular o uso de equipamentos industriais que provocam ruídos altos, descargas alteradas de motociclistas e etc.” – Afirma Anastácio Carvalho, autor do projeto

Por Do Karmo Carvalho

ter, 30/07/2013 às 16:13

O projeto é de autoria do Vereador Anastácio Carvalho (PR).

O projeto é de autoria do vereador Anastácio Carvalho (PR).

“Tenho certeza que o projeto vai ser aprovado no legislativo e sancionado pelo executivo” – afirmou o presidente da Câmara de Vereadores de Araci, José Augusto, ao citar em entrevista o projeto que dispõe sobre a regulamentação da Lei de proteção contra a poluição sonora que deve entrar na casa para apreciação dos parlamentares logo nas primeiras sessões ordinárias do segundo semestre de 2013.

O projeto é do vereador Anastácio Carvalho (PR) que baseado na Lei Federal desenvolve o texto com propósito de regulamentar e ajustar pontos, como apontar no município o órgão que se responsabilizará pela fiscalização e punição dos infratores e aplicar as penalidades conforme seu agravante. Além de estabelecer critérios de tolerância as fontes de ruídos e barulho. Por exemplo, e até onde vai a liberdade do uso do som automotivo e onde começa o direito social do silêncio.

“Estão dizendo que o vereador Anastácio vai perder voto com este projeto, mas eu pergunto: qual político não perde voto? Político inteligente é aquele que perde, mas depois torna conquistá-lo” – disse o vereador presidente garantindo que o projeto será plausível e que o resultado será satisfatório para a população e para o próprio vereador autor.

“Tenho certeza que o projeto será aprovado e sancionado” – José Augusto.

“Tenho certeza que o projeto será aprovado e sancionado” – José Augusto.

Por telefone o vereador Anastácio disse que o “projeto não vai proibir ninguém ligar o seu som”, e até citou que ele mesmo tem um som automotivo. “É apenas uma ferramenta para que as autoridades saiba identificar quem está excedendo os limites do silêncio, regular o uso de equipamentos industriais que provocam ruídos altos, descargas alteradas de motociclistas e etc.” Para ele, com o projeto aprovado na câmara e sancionado pelo prefeito, até mesmo a população saberá seus limites.

Pilates estudioO projeto está em fase de conclusão e o vereador autor ainda não sabe em que sessão o projeto irá para a apreciação e votação dos pares. Por enquanto, Anastácio espera total apoio dos demais colegas, pelos menos, a do presidente da casa ele já tem a palavra.

Comentários