Bem-vindo | 15/06/2021

Portal Folha - O seu Jornal Online

“Meu mandato é do povo e vai continuar”, diz Vereador Guinha

Aproveitando o momento de seu pronunciamento no Ato de entrega do Piso do Mercado, em tom de desabafo o vereador Guinha que deixou o PSD migrando para o PROS diz: Acabaram meus 39 dias de calvário.“Hoje me sinto livre das garras daqueles que queriam a minha ruína política”.

Por Gidalti Moura

dom, 29/12/2013 às 16:04

Vereador Guinha: Meu mandato permanece.Na ocasião do ato de entrega do novo piso da cobertura da feira livre, o vereador Valter Andrade, o Guinha de Pascoal que deixou o PSD, filiando-se em novo partido, foi convidado a se pronunciar e aproveitou o momento para dar uma notícia que saiu acompanhado de um desabafo respirando vitória.

“Ontem o TER, através do seu procurador, decidiu por fim a essa esteira jurídica que discutia a continuidade de meu mandato. O meu mandato não pertence a grupo político nenhum. Ele me foi dado pelo voto livre do povo e pertence ao povo. Aqueles que me perseguiram, quem queria meu mandato a qualquer custo, finalmente, vão parar de me perseguir. Tudo está resolvido pelo TER e meu mandato continuará até o final dele em 2016”, disse Guinha.

O vereador agradeceu nominalmente ao ex-prefeito Zedafó, presente ao ato de inauguração, à vice-prefeita Keinha e aos colegas que sempre estavam lhe dando incentivo durante os 39 dias de calvário, como chamou ao falar do processo de perda de mandato.

“Finalmente terminou meu sofrimento e hoje me sinto livre das garras daqueles que queriam a minha ruína política”, finalizou o vereador, agora filiado ao PSO.

Comentários