Bem-vindo | 15/06/2021

Portal Folha - O seu Jornal Online

Aprovados os projetos que reajustam salários do magistério e servidores públicos  

Ontem em sessão extraordinária convocada para o fim específico de apreciar e aprovar quatro projetos de Lei Projetos de Lei foram aprovados em primeira mão os dois que tratavam de reajustes do magistério e servidores públicos.

Por Gidalti Moura

sex, 28/04/2017 às 07:29

Aprovados os projetos que reajustam salários do magistério e servidores públicosA sessão teve inicio às 18h45minh com presença dos vereadores Edneide Santana Pereira, Jamile Magalhães da Costa, Jefson Miranda Cardoso Carneiro, Jeronimo Jesus de Lima, Jose Augusto Moura de Andrade, Laerto Januir Barreto Pinho, Leandro Andrade Macedo, Leonardo Carvalho dos Reis, Luiz de Souza, Manoel Matos dos Santos, Anastácio Carvalho Oliveira, Roberto Sousa de Matos.

O presidente Jefson, abriu a sessão dizendo que em cumprimento do dever como legisladores, considerando os impasses que impediram o trâmite regimental na apreciação e votação dos (4) quatro Projetos de Lei enviados pelo Executivo Municipal e atendendo à Mensagem do Chefe do Executivo atribuindo Regime de Urgência na apreciação das matérias, em observância Artigo 56º combinado com o Artigo 69º do Regimento em vigor, estavam realizando a SESSÃO EXTRAORDINÁRIA.

Depois de abrir a sessão em nome de Deus, consultou ao Plenário a participação do diretor da APLB na tribuna, ação solicitada oficialmente pelo professor Elmer Carvalho.

O presidente disse que embora a Tribuna Livre se reservasse somente às Sessões Ordinárias (Art. 42º-RI), ante solicitação do Diretor Sindical da APLB, considerando que a Matéria em apreço é de interesse da categoria que ele representa, consultaria o Plenário a concessão ao diretor da APLB. O Plenário se manifestou de acordo e somente o vereador José Augusto se manifestou contrário ao voto dos outros onze colegas.

Aprovados os projetos que reajustam salários do magistério e servidores públicosO professor Elmer falou mais em agradecimentos a todos os vereadores pela forma com que trataram a matéria e ao presidente Jefinho por ter conduzido o processo com independência, lisura e compromisso com a classe educadora e com os servidores em geral beneficiados pelos projetos.

A votação transcorreu em moderada tramitação, foi decidido pelo Plenário que seriam votados em dois blocos. Os dois que tratavam do reajuste e tinham caráter de urgência e os outros dois que tratavam de matéria de interesse do Executivo.

A votação que se deu em dois turnos apresentou para o primeiro bloco com os dois projetos nº 03 e 05 dos reajustes, 10 votos a favor e 02 abstenções registradas pelos vereadores Laerto e Léo de Eridan.

O segundo bloco dos dois projetos nº 01 e 03 apresentaram um resultado de 12 votos – Aprovado, portanto por unanimidade.

A plateia estava bem frequentada por professores, servidores em geral e representantes sindicais das duas categorias apresentando uma sessão diferente das que ocorrem normalmente nos horários das terças feiras pela manhã.

Comentários