Bem-vindo | 21/10/2019

Portal Folha - O seu Jornal Online

Vice-Prefeita Keinha deixa o PSC e filia-se ao PDT em Encontro Regional

Para selar sua mudança do PSC (20) para o PDT (12) a vice-prefeita Keinha teve a ficha abonada pelo presidente nacional de seu novo partido.  O presidente Nacional Carlos Lupi, Professor, Secretário de Município e de Estado, Deputado Federal e Ministro, esteve em Araci no sábado (15 de junho) no Encontro Regional do PDT em Araci.

Por Gidalti Moura

ter, 18/06/2019 às 17:30

Desde que fora criado como partido político de centro-esquerda em 1979, em quase duas décadas de presença em Araci, iniciado pelo ex-prefeito Zedafó, nunca a família 12 nome que aglutina seus militantes, recebeu uma visita tão ilustre e importante como Carlos Roberto Lupi.

Classificado como o quinto maior partido do país e tendo de atender seus mais de mais de 1,2 milhões de filiados, o PDT mostrou neste final de semana que está antenado com suas lideranças e a presença do presidente Carlos Lupi sinalizou esta sintonia.

Claro que a visita do presidente Lupi a Araci, tinha um contorno de valorização e aval aos convites do presidente Valter Cardoso do Diretório Municipal e da estrela maior da legenda prefeito Silva Neto. Não obstante a conjectura anterior era preciso valorizar a pedra de esquina do PSC que deu um alinhamento especial ao edifício que abriga a família 12, e seu nome era Keinha do PSC.

Ao lado dessa pedra de esquina, outras pedras sedimentava a construção de um projeto chamado “Novo Tempo e Nova História” como o vereador e presidente da Câmara, Jefinho, o secretário Hildemar, articulador desperto, e outros da família do peixinho (20) e para que a mudança não adquirisse um contorno de desprezo ou deserção,  tinha de acontecer num clima de festa como foi o prestigioso Encontro Regional realizado em Araci.

A estrela do PSC foi no mínimo cautelosa quando da tribuna do encontro anunciou sua decisão.

“Hoje é um dia muito especial para mim”. – Disse a vice-prefeita depois de saudar a todos e falar da grandeza do encontro e olhando para o presidente do partido que estava à mesa falou: “Peço ao meu presidente Jefinho Carneiro que permita me filiar ao PDT esse partido de uma família querida que chamo de família 12.”.

O gesto dirigido de Keinha, a Jefinho como presidente, deve ser entendido como presidente da Câmara que naquele posto honra sobremaneira o PSC de onde sai com uma missão singular: Manter unida a família 12 para não quebrar o encanto de tudo o que se fala, canta e parodeia nas campanhas do 12.

     O Deputado Federal Félix Mendonça Júnior que é o presidente Regional do PDT deu seu aval à filiação de Keinha.

               Valter Cardoso presidente do Diretório Municipal, comemorou a adesão da vice prefeita ao PDT de Araci.

Ficou decidido que o 12 não será substituído pelo 20, nem o 20 comporá chapa com ele pelo menos no plano majoritário, resguardando entretanto os súbitos vendavais que obrigam mudanças de rumo e quebra de acordos para o bem de todos e desassossego dos adversários.

             Momento em que o presidente nacional do PDT Carlos Lupi abona a ficha de filiação da nova filiada ilustre.

Junto com a vice-prefeita outros filiados colocaram seus nomes no rol da família 12 como o secretário José Antônio Firmo “Ginho” da Infraestrutura, o secretário de agricultura Anastácio Carvalho que era vereador pelo PR, a ex-vereadora e secretária Renalva Lisboa Cordeiro, o ex-vereador José Luiz Oliveira Boaventura, Edimundo de Souza, Genivaldo dos Santos Silva, Ubiratan Santos de Miranda e Edson Luiz Barroso Góes.

Comentários