Bem-vindo | 19/08/2018

Portal Folha - O seu Jornal Online

Vândalos entopem cadeados e fechaduras de PSF e roubam preservativos e medicamentos.

Por sorte os vândalos só levaram uma caixa de preservativos e alguns envelopes de paracetemol do PSF do Coqueiro.

Por Do Karmo Carvalho

seg, 24/01/2011 às 18:07

Os vândalos entupiram o cadeado do portão e as fechaduras do PSF

O PSF do Bairro do Coqueiro em Araci foi alvo de vândalos nos últimos dias, segundo o enfermeiro plantonista, Márcio, há uma semana os indivíduos vinham tramando a tentativa de arrombamento do PSF.

Segundo Márcio, na segunda-feira (17) os vândalos entupiram o cadeado do portão de entrada e na noite do mesmo dia entupiram a fechadura da porta que dar acesso ao interior do prédio. Já na quarta-feira seguinte ao meio dia, os vândalos aproveitaram a saída de todos os funcionários do PSF para o almoço e entupiram aporta dos fundos bloqueado todas as entradas. Por conta disso na tarde do mesmo dia os funcionários não tiveram como trabalhar.

Nessa segunda-feira (24) a faxineira do PSF foi surpreendida pela manhã quando chegava para limpa o posto, quando encontrou a porta do fundo arrombada, e na sala da recepção vários palitos de fósforo queimados jogados no chão.

A equipe do posto fez a vistoria para ver se faltava alguma coisa e constataram que apenas uma caixa de camisinha e alguns envelopes de paracetemol desapareceram, supostamente foram levados pelos vândalos. Equipamentos e eletrodomésticos do PSF como geladeiras e fogões não sofreram nenhum dano.

O PSF do Bairro do Coqueiro em Araci, sem vigilância fica vulnerável a ação dos vândalos.

A Polícia Civil foi acionada, mas até agora nenhum suspeito foi encontrado. O Enfermeiro Chefe levou ao conhecimento da Secretaria de Saúde e solicitou a presença constate de um vigilante no PSF principalmente à noite.

Moradores não se conformam com a vulnerabilidade que os postos de saúde enfrentam nos bairros da cidade e cobram providências por parte da Prefeitura. “Corremos o risco de estarmos sendo atendido e de repente um assaltante entrar na sala, não tem no mínimo uma pessoa para vigiar.” Desabafou alguns moradores vizinho.

Já Secretaria de Saúde informou que uma tática em vigilâncias vai ser discutida para monitoramento e seguranças de todos os PSF.

Por: Do Karmo Carvalho

Comentários