Bem-vindo | 25/04/2019

Portal Folha - O seu Jornal Online

Ousadia: Homens são presos tentando jogar celulares no presídio de Serrinha

Os PMs ficaram próximos a um matagal, no entorno do presídio, aguardando a chegada dos suspeitos. Durante a abordagem, os policiais encontraram dois aparelhos, todos equipados com carregadores e baterias, que estavam embalados com espumas e fitas adesivas.

Por Do Karmo Carvalho

sex, 14/03/2014 às 12:01

Homens tentam jogar celular dentro de presidio de serrinha

Foram presos Anderson Gonçalves Silva, de 30 anos, Alexandro Gonçalves Cerqueira, de 29, José Raimundo Cipriano Ferreira, de 33, e W. S. C., de 17.

Policiais militares da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO) do 16º BPM de Serrinha prendeu na tarde da quinta-feira (13) quatro homens que tentavam arremessar aparelhos de telefonia celular para dentro do Conjunto Penal de Serrinha.

Foram presos Anderson Gonçalves Silva, de 30 anos, Alexandro Gonçalves Cerqueira, de 29, José Raimundo Cipriano Ferreira, de 33, e W. S. C., de 17. Segundo a polícia, os suspeitos são das cidades de Conceição do Coité, Paulo Afonso e Salvador.

Segundo a polícia, eles ocupavam um Fiat Uno, placa MSJ-9406, que transitava nas imediações do presídio e a polícia já vinha monitorando o veículo, pois uma denúncia anônima dava conta de que o grupo se preparava para levar a encomenda ao presídio.

Os PMs ficaram próximos a um matagal, no entorno do presídio, aguardando a chegada dos suspeitos. Durante a abordagem, os policiais encontraram dois aparelhos, todos equipados com carregadores e baterias, que estavam embalados com espumas e fitas adesivas.

Embora tenham negado a ação, a polícia apurou que o bando pretendia arremessar os objetos para dentro do presídio. “Esses telefones seriam utilizados para que os integrantes do bando continuassem dando ordens de dentro da unidade”, explicou um policial que participou da ação.

De acordo com a polícia, José Raimundo Cipriano responde a processo criminal por homicídio, assalto e tráfico de drogas. Ainda de acordo com a polícia, ele foi preso em setembro de 2012 sob a suspeita de integrar uma quadrilha que planejava assaltar a agência do Banco do Brasil da cidade de Barrocas.

O material foi apreendido e levado, juntamente com os suspeitos, para a delegacia de Polícia Civil do município.

Por: Cleriston Silva. 

Comentários