Bem-vindo | 19/09/2018

Portal Folha - O seu Jornal Online

Araci: Criança foi dopada e possivelmente sofreu abuso sexual

A Criança de 6 anos foi encontrada pela mãe desacorda no sofá da família.

Por Do Karmo Carvalho

sex, 08/07/2011 às 15:03

Por: Do Karmo Carvalho

Foto: Luis Gustavo.

O fato veio ao conhecimento da Polícia Civil de Araci na noite da última quinta-feira 7 de julho, por volta das 23h30m através do conselho tutelar do município.

Uma criança do sexo masculino de seis anos foi dopada e teria sofrido abuso sexual na casa da família na periferia do Bairro da Contel. Segundo a polícia civil, o principal suspeito é o Tio da criança, irmão da mãe.

A mãe da criança conversou com a Folha e disse acreditar na inocência do irmão.

Em entrevista ao Folha, a Mãe da Criança que se identificou como Vanessa, contou em sua versão como teria acontecido o caso.

Vanessa afirmou que teria saído de sua residência na noite do dia 7, para ia à casa de uma vizinha e deixou a criança de seis anos deitada no sofá na companhia do padrasto e do Tio. Pouco tempo depois, o seu marido – padrasto da criança – a procurou dizendo que o menino estaria passando mal. Ao retornar à sua casa encontrou o filho no mesmo local que tinha deixado antes e ao pegar a criança notou que a mesma estava desacorda.

No mesmo instante o padrasto pegou a vítima na companhia do tio (principal suspeito da polícia) em uma motocicleta e levaram ao Hospital Municipal Nossa Senhora da Conceição aonde a criança chegou à emergência ainda desacordada. Vanessa disse ainda que anteriormente a criança já tinha apresentado comportamento estranho, mas nunca tinha levantado suspeita sobre abuso sexual,  apesar de que a criança já ter vindo várias vezes sozinho da escola onde estuda para sua casa, ela disse ainda  que acredita na inocência do irmão.

Tanto Vanessa quanto a polícia, afirmaram que a suspeita de abuso só veio à tona depois que a criança passou por avaliação médica onde foram notadas alterações na pele e a presença de hematomas na região anal da criança. O médico revelou ainda para o Coselho Tutelar, para a mãe e para a Polícia que esta não foi a primeira vez que a criança teria sofrido este tipo de violência.

O menino de seis anos ainda está internado no hospital em observação médica e assim que for liberado a policia vai tentar ouvi-lo. Hoje pela manhã a polícia ouviu Vanessa (a mãe da criança), e o suspeito (Tio da Criança).  A Delegada não quis falar a respeito de ter o tio da criança como principal suspeito.

As investigações do caso estão a cargo da delegada titular da DCP de Araci Dr. Ana Karina Sampaio Guerra.

Comentários