Bem-vindo | 22/05/2022

Portal Folha - O seu Jornal Online

Amargosa viveu momento de tenso. Quadrilha invade cidade e assalta BB

O assalto provocou revolta na populao

Por Do Karmo Carvalho

qua, 29/02/2012 às 16:12

Por: Do Karmo Carvalho

Na manh desta quarta-feira (29), a tenso tomou conta da populao de Amargosa, quando uma quadrilha com cerca de 10 homens invadiram a cidade e assaltaram o Banco do Brasil fazendo mais de 35 pessoas de refns.

Segundo informaes de testemunhas, os bandidos estavam camuflados, atiraram nas viaturas da polcia, tocaram fogo em um dos carros da PM, ao sair do local eles levaram como refm um vigilante do banco, dois policiais, e o empresrio Adalberto Barreto, conhecido como Dal.

O grupo teria chegado ao local em uma caminhonete modelo Hillux/Toyota e um CrossFox/Volkswagen, comeou a atirar na frente da agncia e invadiu o estabelecimento.

Ainda segundo informaes das testemunhas para publicao do Correio, os bandidos intimidaram os seguranas e criaram uma corrente humana com os clientes e funcionrios enquanto pegavam o dinheiro do cofre da agncia. Todos Eles foram liberados aps a consumao do assalto.

Conforme o pecuarista morador do municpio, Marcelo Assis, a populao est tomada pelo pnico. Todo comrcio do centro da cidade fechou as portas e a populao est com medo. Estamos aguardando a chegada de reforos policiais para nos tranquilizar, afirmou.

Informaes de moradores do conta de que os bandidos fugiram pela Rua do Ribeiro, em um local conhecido como Baixa de Areia, por uma estrada de cho que liga o municpio s cidades de Ubara, Brejes, Jequiria e Mutuipe.

De acordo com o Amargosa Noticias, aps removerem os malotes, os bandidos saram atirando dinheiro para cima e jogando dinheiro em direo a populao. Toda a ao no durou mais que 20 minutos.

Policiais de Santo Antnio de Jesus e a CAEL de Feira de Santana, com helicptero, foram ao local para bloquear estradas e localizar os bandidos.

 

Fora policial em Amargosa

O Tenente Coronel Luziel Andrade, destacou que toda fora policial da regio foi deslocada para Amargosa e regio inclusive com helicpteros. Os refns foram liberados em Amargosa.

O titula do 14 Batalho disse que Amargosa fica sempre vulnervel por conta da roda de fuga e do nmero pequeno do efetivo da 2 Cia. Conforme destacou o Tenente Coronel, os marginais emitiram fuga em direo a Baitinga.

O fogo presenciado por um internauta da Criativa On Line foi de um veculo incendiado pelos marginais com o objetivo de dificultar as aes dos marginais. A CAEL tambm foi deslocada e segue em perseguio dos bandidos.

 

Fonte: Interior da Bahia, Rede Criativa e Correio da Bahia.

 

Comentários