Bem-vindo | 29/05/2020

Portal Folha - O seu Jornal Online

Silva Neto toma posse como prefeito reeleito de Araci e promete superação de mandato

Reeleita, a dupla Silva Neto e Keinha tomaram posse e discursaram no mesmo tom: “Quem deu crédito à pregação feita desde a primeira campanha, hoje pode ver Araci como um município que vem superando a crise”.

Por Gidalti Moura

seg, 02/01/2017 às 11:11

aaaaaaaaaaaa

O salão estava cheio e não parava de chegar gente quando a cerimonialista Adila deu as boas vindas e iniciou a solenidade de posse.

No quase fim da tarde de ontem primeiro de janeiro, o prefeito Antônio Carvalho da Silva Neto (Silva Neto) e sua vice Maria Betivânia Lima de Jesus (Keinha), tomaram toma posse como prefeito e vice-prefeita de Araci depois de uma vitória consagrada nas urnas de outubro passado como a única na história ao quebrarem um paradigma de 57 anos sem reeleição no município.

Junto com Silva Neto e Keinha, foram empossados também em Sessão Solene na Câmara Municipal iniciada às 16h. e 32m. os quinze vereadores eleitos e diplomados pela justiça eleitoral no dia 14 de dezembro.

O cerimonial conduzido por Adila Santana apresentou a Sessão Solene em etapas que se seguiram desde a formação da mesa dos trabalhos, apresentação da Orquestra Filarmônica de Araci interpretando o Hino do Município apresentação dos vereadores eleitos, juramento, entrega de documentos e posse seguida da eleição da nova mesa diretora que processaria a posse do prefeito e vice-prefeita reeleitos para um novo mandato.

A presidência dos trabalhos da Sessão Solene ficou a cargo do vereador José Augusto Moura de Andrade que por força de dispositivo regimental presidiu a Sessão até o momento de passar o comando da mesa ao presidente eleito no escrutínio secreto levado a efeito antes da posse do Executivo.

aaaaaaaaaaaa

O vereador e ex-presidente mais próximo José Augusto presidiu a sessão e o vereador Marquinhos atuou como secretário dos trabalhos.

aaaaaaaaaaaaaaaaa

Todos ao chamamento do presidente estenderam o braço direito e disseram: “Assim prometo” ao repetir o voto que se ouvia da mesa.

Eleição da Mesa:

Secretariando os trabalhos, o vereador Marcos Antônio Pimentel, anunciou que somente uma chapa havia sido apresentada para concorrer aos cargos de presidente, vice, primeiro e segundo secretário da mesa diretora para o primeiro biênio da 15ª Legislatura a se iniciar em 15 de fevereiro de 2017.

Todos os vereadores se pronunciaram da tribuna e num tempo de cinco minutos determinados pelo presidente José Augusto começando pelo vereador Gilvan Oliveira dos Santos e findo o tempo dos pronunciamentos os vereadores receberam suas cédulas de votação das mãos do secretário e se dirigiram a lugar privativo para preenchimento da cédula e depois colocá-las na urna providenciada para esse fim.

O primeiro voto a ser depositado na urna foi da vereadora Edneide, seguida pelos colegas Guri, Jamile e Jefinho. Os vereadores Jera, Laerto, Léo de Eridan, Luiz do Boa, Manoel de Bernardino e Roberto do Sem Freio se anteciparam aos últimos vereadores a votar: – Léo de Marlúcia, Guinha de Pascoal e Virgílio de Zé Bonfim. O presidente da mesa e o secretário encerraram a votação e se seguiu a apuração e contagem das cédulas.

Para acompanharem a conferencia e contagem foram chamados os vereadores Manoel e Laerto e o resultado foi proclamado pelo secretário Marquinho consagrando o vereador Jefson Miranda Cardoso Carneiro como presidente, o vereador Valter Andrade Oliveira como vice-presidente, o vereador Jerônimo Lima de Jesus como primeiro secretário e a vereadora Edneide Pereira como segunda secretária.

aaaaaaaaaaaaaa

A vereadora Edneide a primeira a votar e depois dela o vereador Guri, seguido da vereadora Jamile.

ssssssssssssss

Vereador Jefinho, Jera e Laerto no momento do voto. Entre os três, um confessou à imprensa em particular ter votado em branco.

jjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjjj

Vereador Leandro, Léo de Eridã, vereador Luiz do Boa e o vereador Manoel no momento do voto. Léo declarou à imprensa que votou branco.

uuuuuuuuuuuuuuu

Os votos de Roberto do sem Freio, de Léo de Marlúcia e Guinha. Léo abriu para a imprensa que um dos quatro votos brancos era dele.

rrrrrrrrrrrrrrrrrr

Os últimos a votar. Virgílio, José Augusto e Marquinhos. Votaram pela nova mesa. O quarto voto branco ficou no escrutínio secreto.

bloco-9

A nova mesa diretiva assumiu seus lugares e nesse instante o presidente eleito Jefson Miranda procedeu a posse do prefeito Silva Neto e de sua vice Keinha quando ambos proferiram perante a mesa seus juramentos seguindo-se a isso a posse com a colocação da faixa de prefeito que foi feita pelo ex-prefeito José Eliotério da Silva Zedafó, pai do prefeito empossado.

ddddddddddddddd

Momento do juramento dos dois entes eleitos para o Executivo. Silva Neto proferiu o voto e a vice disse: “Assim o prometo”.

ffffffffffff

O novo presidente Jefinho, toma assento e abre fala à vice prefeita, ordena o passe da faixa e o prefeito encerra com seu discurso.

O prefeito Silva Neto usou a tribuna e falou de sua trajetória desde que fora introduzido na politica pelo seu pai Zedafó. Prometeu “respeito à ética e à transparência”, diálogo com a oposição, e prometeu eficiência e inovação em sua gestão. “Não iremos fazer o melhor governo da história, iremos superar a gestão passada. Seremos mais eficientes, corajosos, inovadores e vamos continuar transformando a cidade e o município de Araci. Na câmara não estaremos preocupado se são de oposição ou se contrários à nossa índole, referindo-se ao discurso da vereadora Jamile. Estaremos sempre abertos ao diálogo.” – foram as máximas do discurso de posse do prefeito Silva Neto.

Comentários