Bem-vindo | 23/10/2018

Portal Folha - O seu Jornal Online

PREFEITURA ANTECIPA O ANIVERSÁRIO DE EMANCIPAÇÃO PRESENTEANDO OBRAS E EQUIPAMENTOS

Ao comemorar seu 59º Aniversário de emancipação Araci coloca no vagão da história de sua libertação o prefeito Antônio Carvalho da Silva Neto e ele será o prefeito do sexagenário libertário em 2019. Talvez por isso é que Silva Neto antecipa esse marco histórico presenteando a comunidade da Região do Distrito de Barreira com ações e equipamentos que irão melhorar a qualidade de vida da população.

Por Gidalti Moura

qua, 04/04/2018 às 08:18

Estamos a dois dias do registro de uma das mais importantes datas cívicas do município de Araci desde sua fundação em 1812 pelo capitão José Ferreira de Carvalho como comuna subjugada aos municípios de Tucano, depois Serrinha. Essa data é 07 de abril e constitui preceito constitucional em nossa Lei orgânica Municipal para que seja lembrada, comemorada e reverenciada com Sessão Solene, no parágrafo 2º de seu primeiro Artigo o que só aconteceu uma vez na história e este ano ainda não acontecerá.

A emancipação política de Araci, enquanto processo histórico desenhou-se muito tempo antes de sua data magna hoje registrada nos anais de sua história político-administrativa que é o “07de Abril”.

Depois de fundado pelo seu desbravador capitão José Ferreira de Carvalho em 13 de dezembro de 1812 obteve na mesma data de seu aniversário de descobrimento 13 de dezembro de 1890 a Carta Foral, sendo elevado à categoria de município.

Aos 118 anos de sua fundação já município de Araci foi atingido como outros do país pelas marcas da revolução de 1930.  Com a saída o presidente Washington Luiz e a assunção do ditador Getúlio Dorneles Vargas, aos governos estaduais foram depostos e os municípios passaram por uma transformação política. Como todos os municípios do nordeste baiano Araci também foi assolado pela histórica seca de 1931. Arrasados e sem renda de até trinta contos de réis/ano, foram vitimados por decretos que os suprimia e em julho de 1931 Araci deixou de ser município autônimo, passando a ser uma sub-prefeitura de Serrinha.

De fato que para entendermos como o Araci se tornou uma célula municipalista independente, devemos perceber que as transformações políticas, econômicas e sociais passaram a acontecer desde esse momento de sua supressão e passado o tempo de 23 anos quando em 21 de novembro de 1954, aconteceu a realização das eleições unificadas em todo o país.

135 anos depois de seu descobrimento, como vila dominada pelo município de Serrinha, a Vila de Araci entrou de cabeça no processo político e elegeu seu primeiro vereador pelo partido UDN, União Democrática Nacional, ocupando uma cadeira na Câmara Municipal de Serrinha na legislatura de 1947 a 1950. José Oliveira Lima foi o primeiro descendente do fundador a ser eleito vereador pela sua terra natal entrando para a história como VEREADOR HISTÓRICO para as futuras gerações.

Com a realização das eleições unificadas em todo o país, houve a eleição de Serrinha em 21 de novembro de 1954 elegendo o prefeito Horiosvaldo Santos e José Oliveira Lima se reelege vereador por Araci. Nessa eleição a Vila de Araci elege mais um representante na Câmara de Serrinha pelo Partido Social Democrata (PSD) João Pereira de Pinho.

Há de se reverenciar esse momento histórico da reeleição de José Oliveira Lima, eleição do vereador João Pereira de Pinho, do governador Antônio Balbino e do senador Juraci Magalhães. Esse momento político voltou acendeu em José Lima a vontade lutar de novo pela volta da liberdade definitiva de sua terra e com a força política do senador Jurací Magalhães ele reiniciou a luta pela liberdade e viu o resultado de sua luta recompensada com “Parecer da Comissão de Negócios Municipais da Assembléia Legislativa” publicado no Diário Oficial de 29 de agosto de 1956 “favorável à restauração do município de Araci, instalação e fixação de seus limites”. O Projeto n. 386 que tratava da matéria chegou à 3ª discussão tendo sido aprovada sua redação final em 31 de outubro.

A Lei 863 foi assinada em 14 de novembro de 1956, todavia um determinante em seu Art. 5º não deixa dúvidas quanto à data de sua definitiva emancipação, “dia 07 de abril de 1959”. Ao projetar essa data o legislador indicava o tempo em que se realizaria a eleição em todo o país. Em Araci acontecem as eleições e Erasmo de Oliveira Carvalho o primeiro prefeito histórico é eleito e assume no dia 07 de abril de 1959.

Sexta feira 07 de abril de 2018, Araci comemora seu 59º Aniversário de emancipação e o bonde da história colocou em seu carro o nome do prefeito Antônio Carvalho da Silva Neto e ele será o prefeito do sexagenário libertário em 2019.

Talvez por isso é que Silva Neto antecipa esse marco histórico presenteando a comunidade da Região do Distrito de Barreira com ações e equipamentos que irão melhorar a qualidade de vida da população e especialmente dos jovens com a recuperação da Quadra de esporte e um avanço nos serviços de saúde com a entrega de novo veículo como ferramenta de apoio à estrutura de saúde que lá existe.

A prefeitura por sua Secretaria de Desenvolvimento Social, Esporte e Lazer, preparou uma programação para marcar o dia 07 de Abril.

Comentários