Bem-vindo | 21/10/2019

Portal Folha - O seu Jornal Online

O presidente da Câmara Edvaldo Pinho fala da estrutura geral do projeto

O presidente da Câmara vereador Edvaldo Pinho, foi prefeito do município de […]

Por Luis Gustavo

seg, 25/01/2010 às 11:23 - atualizado em 19/08/2011 15:55

O presidente da Câmara vereador Edvaldo Pinho, foi prefeito do município de Araci e em seu mandato exercido de 1989 a 1982 transformou o açude do Poço Grande em um pólo turístico semelhante ao que hoje sua esposa prefeita Maria Edneide está tocando com vistas a resgatar esse potencial gerador de desenvolvimento que foi praticamente se desativando e se extinguindo nesses 27 anos.

Edivaldo convidou a imprensa para uma visita ao Poço Grande e começou mostrando a pista de pouso construída a mais de 50 anos pelo DNOCS. Com todo esse tempo, a pista possui a mesma sedimentação de solo, não tem buracos, e precisou apenas de uma limpeza da vegetação que tomou conta do espaço destinada a pouso de aeronaves.  O campo de pouso já está em condições de receber qualquer aeronave até médio porte em segurança garantiu o vereador e atestam os entendidos na matéria.

Do aeroporto que fica a 300 metros da praça, as reportagens do jornal Folha dos Municípios e da Radio Comunitária Cultura FM de Araci representados respectivamente pelo editor Gidalti Moura e pelo apresentador José Socorro da Silva documentaram a área onde se estende a estrutura maior do balneário.

Quiosques do Poço Grande em AraciA construção dessa estrutura de lazer está logo à vista e estão a todo vapor. Já se pode documentar a construção de quatro barracas de praia destinadas ao fornecimento de comida, bebidas, socos, refrigerantes, e entre elas os quiosques, onde serão comercializados, a água de coco, o acarajé, o churrasquinho, o peixe frito ou cozido e outros atrativos de consumo.

Casa do Pescador no Poço Grande em AraciBem ao centro do projeto está sendo construída a Casa do Pescador destinada a receber e negociar os produtos colhidos no lago e funcionando como um apoio à Associação dos Pescadores da localidade com seu sistema de produção de pescado.

Um restaurante suspenso está sendo construído na beira do lago com um pear aquático, seja, uma rampa de decida e subida dos freqüentadores do lago que poderão encostar suas embarcações nesse tipo de cais.Um camping para os amantes de acampamentos e um parque infantil para atrair as crianças e dar condições aos pais de se divertirem com tranqüilidade.

Já existe uma área específica para campo de futebol e será construída quadra de esporte onde se praticará o futebol de salão, o vôlei e o basquete.

O projeto prevê a instalação de uma pousada ecológica com vinte e cinco suítes pela transformação da antiga residência dos engenheiros DNOCS onde terá uma área privada de banho e solTambém será construída uma pousada mais à beira do lago com característica mais popular.Uma pista de MotoCross será construída para atrair turistas de vários lugares, os amantes dessa modalidade de esporte mais radical. A topografia da região é propicia para isso, comenta Edivaldo.

Investimento.

Tudo isso com recursos da Bahiatursa e do Ministério do Turismo. A prefeitura está investindo muito pouco, mesmo porque a Prefeitura de Araci como muitas do estado, não dispõe de verba para aplicar em projetos turísticos. Para se investir em turismo, a verba tem de vir de fora.

A Câmara Municipal entrou como parceiro desse projeto e está ajudando com verbas devolvidas do duodécimo e sugeriu que fosse aplicada no ponta-pé inicial da revitalização do complexo turístico do Poço Grande. Essa atitude juntamente com a parte da prefeitura sensibilizou o Governo do Estado e o Governo Federal e agora o projeto não para porque conta com verbas da Bahiatursa e do Ministério do Turismo.

A confiança da prefeita Nenca neste projeto ao dar o inicio nas obras em parceria com a Câmara e com os investimentos já garantidos do Governo do Estado e do Governo Federal, lhe permite anunciar que a partir d abril desse ano, a maioria das estruturas estarão funcionando relacionados ao uso do lago, das barracas, dos quiosques, do centro de comercialização é o que declarou o presidente da câmara vereador Edvaldo Pinho.

O lago que apresenta uma imensidão de água que poucos municípios da Bahia têm, será uma atração para investimentos de empresários em esportes náuticos, lanchas Jet ski, barcos infláveis e outras modalidades.

Ao ser interrogado sobre os impactos ambientais, Edvaldo ressaltou que o projeto está sendo executado dentro dos rigores da sustentabilidade e proteção ambiental. A Bahiatursa está dando todo o apoio e vai ministrar treinamento de equipes que farão a manutenção e proteção do ambiente. Todo lixo será recolhido e terá destino apropriado.  Haverá tratamento dos resíduos líquidos e sólidos, estação de tratamento da água, recolhimento permanente dos elementos poluidores da água do lago como tampinhas metálicas de garrafas de cerveja, latinhas, garrafas peti, sacolas plásticas, papeis, fraudas e todo tipo de absorventes.

Estão sendo construídos dez banheiros em duas alas, cada uma com cinco que serão dedicadas á ala feminina e os outros cinco aos homens. Duas fossas sépticas estão sendo construídas e em condições de não permitirem a contaminação das águas do lago pelo esgoto sanitário. Serão implantados também banheiros químicos masculinos e femininos, de forma que os dejetos orgânicos sólidos ou líquido dos frequentadores do restaurante, não terão como contaminar a água do lago por onde o banhista entra e sai ao fequentar as estruturas do restaurante suspenso.

O projeto prevê a construção de um centro comercial para que o turista possa consumir e levar produtos da terra peixes artesanato, embutidos de peixe e de bode. Serão quatro lojas dedicadas ao comercio. As lojas, as barracas e os quiosques e outras estruturas serão entregues a pessoas experientes e ligadas a cada tipo de atividade, que atendam as condições de produtividade, aparência, limpeza exigida pelo projeto e serão entregue por comodatos temporais.

O início das obras deste pólo turístico já aumentou a frequencia de pessoas e segundo comerciantes locais uma média de mil pessoas já vistam o poço grande no espaço de final de cada semana. A estrada que está boa, mas a prefeita Nenca garante que será melhorada para permitir um melhor trafego aos visitantes.

Comentários