Bem-vindo | 19/04/2019

Portal Folha - O seu Jornal Online

Morre Carlos Miranda, ex-diretor da Rádio Continental e presidente de Sindicato em Lamarão

Segundo o filho Tony Miranda, que é advogado como o pai, ele sofreu uma forte dor no peito durante a madrugada e foi levado para o Hospital Municipal de Serrinha. “Meu pai morreu por falta de socorro. Ele precisava ser transferido em uma UTI móvel, mas não tinha na cidade. Carlos Miranda deixa a mulher e três filhos: um homem e três mulheres.

Por Do Karmo Carvalho

sex, 23/05/2014 às 15:16

Carlos Miranda

Carlos Miranda morreu aos 57 anos. Foto reprodução.

Morreu por volta das 6h30 desta sexta-feira (23), o advogado Carlos Miranda Lima Filho, aos 57 anos, no Hospital Municipal de Serrinha, na região Sisaleira da Bahia. Ele sofreu um infarto durante a madrugada.

Carlos Miranda, como era mais conhecido, era presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Lamarão, esteve durante muito tempo como diretor da Rádio Difusora de Serrinha (atual Continental) e ex-organizador do Campeonato do Sisal.

Segundo o filho Tony Miranda, que é advogado como o pai, ele sofreu uma forte dor no peito durante a madrugada e foi levado para o Hospital Municipal de Serrinha. “Meu pai morreu por falta de socorro. Ele precisava ser transferido em uma UTI móvel, mas não tinha na cidade. Por isso, ficou internado e veio a falecer às 6h30 de hoje”, desabafou Tony à reportagem do Interior da Bahia.

O velório aconteceu durante toda esta sexta-feira,  na Avenida Lauro Mota, nº 654, centro de Serrinha. O sepultamento será neste sábado, às 8h, no Cemitério Paroquial da cidade.

Carlos Miranda deixa a mulher e três filhos: um homem e três mulheres. (Interior da Bahia) 

Comentários