Bem-vindo | 15/12/2019

Portal Folha - O seu Jornal Online

Livro que fala do projeto Virando o Jogo será assunto na programação da Cultura FM

Depois do Livro Regenera Cidade, o Dr. Gidalti Moura dedicou esses quatro anos a escrever seu novo projeto transformador em seu mais novo trabalho, o Livro Virando o Jogo. Se ligue na programação da Cultura FM – Bom dia Cidade com Acilon, Patrulha da cidade com Zé Socorro e Tarde Livre com Hélio Jundiaí – Escala das entrevistas na matéria.

Por Gidalti Moura

ter, 17/09/2019 às 18:44

Esse mais novo trabalho é também fruto de quatro décadas de minha vida fazendo esquadrinhamentos de pessoas e grupo delas no campo de política e gestão. Nesse laboratório de busca que meu Araci sempre representou para mim, encontrei questões vitais quanto ao que éramos, somos, como estamos e como poderíamos se apenas mudássemos nosso modelo de fazer escolhas.

Sem vaidade, posso garantir que se trata de um projeto realmente transformador. Escrito nas páginas do Livro que leva o título Virando o Jogo, procuramos responder essas questões vitais em 12 capítulos com temas excepcionais.

01 – Quem reinará sobre nós?

02 – O poder nas mãos dos bons

03 – O poder nas mãos dos maus

04 – Incorruptibilidade

05 – Vingadores do Futuro

06 – Regenerar é o jeito!

07 – Separando Palanques

08 – Um palanque com Identidade

09 – TIME DE BRAVOS

10 – Inversão em Campo

11 – Programa de Governo

 12 –  Vigiem os Corvos

Cada capítulo encarra aspectos de uma visão holística destes 207 anos de história. Destes, 101 anos como freguesia e 78 anos como vila de Tucano, mais 28 anos como subprefeitura de Serrinha e hoje com 60 anos de liberdade definitiva.

Essa trajetória histórica de mais de meio século de soberania foi fundada simplesmente na conquista do poder político, “o direito de exercer o comando e controle de suas ações sem submissão aos interesses de outra municipalidade”. A vanglória desses 60 anos produziu em nosso povo, arquétipos de um peso de glória pela assunção ao poder dos nossos primeiros soberanos desde 1959. De lá pra cá, o povo já suportou quinze governanças e subsiste tolerando a décima sexta do governante da hora, tão normal quanto semelhante aos seus precedentes.

Sobre nossas cabeças já reinaram oito mandatários sete homens e uma mulher e o nono que está no exercício de seu segundo mandato. Todos receberam o poder do “povo” que desconhece a própria força capaz de “botar”, “tirar” ou “deixar ficar”.

O Livro Virando o Jogo vem ensinar que reconhecer essa vantagem sobre os poderosos representa a chave mestra de uma porta que se bateu à nossa frente. É preciso desatar com otimismo os laços da desesperança e num click abrir outra perspectiva numa nova tela.

Ou a massa reconhece sua própria força de ESCOLHA dos BONS para reinar sobre suas cabeças, ou se constituirá em armas poderosas nas mãos dos maus, que com sua permissão se apossam do poder e com ele  governam criminosamente.

Espero ser ouvido por você através da Cultura FM. Observe o quadro abaixo:

Comentários