Bem-vindo | 01/06/2020

Portal Folha - O seu Jornal Online

Legislativo de Ichu terá duas cadeiras ocupadas por mulheres

A Câmara Municipal de Vereadores da cidade de Ichu – BA tem nove cadeiras, duas delas serão ocupadas a partir do ano que vem por duas mulheres, que sem dúvida, vai dar mais harmonia ao legislativo de Ichu.

Por Do Karmo Carvalho

ter, 06/11/2012 às 21:35

Por: Do Karmo Carvalho

A Câmara Municipal de Vereadores da cidade de Ichu – BA, tem nove cadeiras, duas delas serão ocupadas a partir do ano que vem por duas mulheres, que sem dúvida, vai dar mais harmonia ao legislativo de Ichu.

As duas únicas mulheres que ocuparão cadeiras na Câmara de Vereadores de Ichu.

As duas novas vereadoras são professoras e uma delas já foi até secretária de educação.  Geovana Marcia Carneiro Oliveira (a esquerda da foto) conhecida por Gei, foi eleita pelo PR na coligação Um Novo Tempo É Possível. Com 199 votos (4,55% dos votos).

A outra eleita foi a professora Lúcia Maria Carneiro Santana Cordeiro, eleita pelo PSB na coligação Um Novo Tempo É Possível, com 279 votos (6,38% dos votos).

As duas deram entrevista para JFM e ao programa de Rádio Jornal dos Municípios na manhã desta terça-feira (06) quando acompanhavam a sessão da câmara na cidade de Ichu.

Para a vereadora eleita Geovana, a atual administração cometeu muitos erros e talvez isso foi o principal fator que ajudou a ela e outras pessoas terem optado em apoiar a oposição – lado que saiu vitorioso na eleição. “Sabemos que o município teve muitos prejuízos com a atual administração. Teria errado menos se o atual prefeito não tivesse centralizado as ações”. A vereadora também falou que era militante do PT, mas por contratempos internos ela saiu do partido no ano de 2010 e ingressou no PR – partido que já existia no município, mas desativado. Quando assumir sua cadeira, Geovana disse que vai colocar em pauta a discussão sobre o horário das sessões, que hoje em dia acontece pela manhã, no qual deveria acontecer no final da tarde.

Já a vereadora Lúcia agradeceu aos eleitores e disse que vai atuar em favor da população colocando sua função de forma mais popular possível. A vereadora criticou também a atual administração e disse que deixou a desejar, mas reconheceu que houve avanço na educação. “Teve muitas coisas que deveria ser feita e não foram feitas, inclusive na saúde, nas questões de atendimento ao povo”. A vereadora disse que tem grande expectativa para a nova gestão e espera que o novo prefeito tenha inicialmente prioridade na melhoria da saúde, lutar pela  eletrificação da zona rural e melhoramento na infraestrutura.

Comentários