Bem-vindo | 01/04/2020

Portal Folha - O seu Jornal Online

Culto ecumênico abre Simpósio 2017 da Educação com foco na aprendizagem

Este ano a Praça da Bíblia foi o local escolhido para a realização do Simpósio. Apresentar um lugar de abertura onde todos possam ter a sensação de liberdade, de ideias próprias e sem as amarras que causam as vezes intolerância religiosa disse a secretária Manuela ao falar da escolha do lugar de abertura.

Por Gidalti Moura

ter, 07/02/2017 às 23:48

Culto ecumênico abre Simpósio 2017 da Educação com foco na aprendizagem

Culto ecumênico abre Simpósio 2017 da Educação com foco na aprendizagem Ao trabalhar a realização do Simpósio da Educação 2017, a Secretaria Municipal de Educação e Cultura apresentou o Tema: Educação Eficiente com Foco na Aprendizagem, mas como disse a secretária Manuela o Simpósio deste ano se apresentou de forma inédita além de diferente de todos os anos.

O primeiro aspecto foi a escolha da Praça da Bíblia como local da abertura comunicando a todos os participantes a sensação de liberdade de pensamento. A escolha do local atendia também um dos anseios da secretaria que era realizar um evento capaz de atrair a comunidade sem qualquer amarra ou fronteira, como se fosse um culto ecumênico, disse Manuela que hoje responde também pela pasta da cultura.

No abertura do Simpósio, um ambiente descontraído foi formado como uma sala de acolhimento, onde o prefeito Silva Neto, o presidente da Câmara vereador Jefson, vereadores, pastores e líderes aguardavam o momento de cada pronunciamento.

Em seus pronunciamentos e mensagens, os convidados tinham em suas falas textos bíblicos alinhados ao combate da intolerância religiosa no país e no município e que pais, professores e alunos em suas diversas crenças tivesse esse debate como um passo importante no combate ao preconceito religioso

José Luiz Santiago que representava o Centro Espírita proferiu a mensagem apresentada como prece de abertura e depois dele se pronunciaram os pastores, padres, vereadores e o prefeito Silva Neto como o último a falar aos professores.

O evento foi abrilhantado com as participações especiais da Filarmônica 30 de julho e do grupo de libras da igreja adventista do bairro do Coqueiro com uma programação continuada no Centro Paroquial e no CEMOB encerrando no dia 10 de fevereiro.

Culto ecumênico abre Simpósio 2017 da Educação com foco na aprendizagem Culto ecumênico abre Simpósio 2017 da Educação com foco na aprendizagem
Simposio-6 Simposio-7
Simposio-11 Simposio-10
Culto ecumênico abre Simpósio 2017 da Educação com foco na aprendizagem Culto ecumênico abre Simpósio 2017 da Educação com foco na aprendizagem

Culto ecumênico abre Simpósio 2017 da Educação com foco na aprendizagem

Comentários