Bem-vindo | 19/08/2018

Portal Folha - O seu Jornal Online

Começar de novo

Nota do Editor:
A chegada de Bia, minha primeira neta fez brotar a ideia de que estou diante de um novo começo como o velho mundo começa lindo cada manhã. Na foto a vó Mires curtiu primeiro a alegria da chegada de Bia filha de nossos filhos Camila e Breno. O casal mora na cidade de Belém.

Por Gidalti Moura

seg, 08/07/2013 às 17:31

Camila estava a caminho da sala de parto acompanhada de sua mãe Mires

Camila estava a caminho da sala de parto acompanhada de sua mãe Mires

Eu que já comemorei 65 natais, posso dizer categoricamente que a vida está recomeçando para mim aos 65, inspirado no acontecimento do nascimento da BIA, minha primeira netinha.

Ter quarenta anos, cinquenta, sessenta pode até nos levar a um sentimento obscuro nos ossos e a ideia na cabeça de que estamos ficando velhos. Tudo certo, mas o melhor disso é que envelhecer não me incomoda. Quando olho para o mundo e tudo o que nele há, sempre digo: Velho é o mundo. Todos dizem que a velhice tem suas compensações e se ainda não as experimentou, acredita. Se não fossem os dois filhos Neto e Zeno que me remoça a cada dia, estaria perguntando pela Camila, pelo Júnior e pela Karine. O que aconteceu com as minhas crianças? Até que hoje pela manhã um amigo de Belém do Pará me liga e diz ao celular: Você é avô cara!

O destino colocou em minha vida e logo colocará nas mãos e no colo a Biatriz e completamente de graça, fruto da união que abençoei entre Breno e Camila. Nisso está a maravilha do sentimento de um recomeço. No dia em que brindava com Breno e Camila a união pelo casamento, eu comecei a desenhar no coração um choro, uma carinha suja que podia caber em uma menina ou um menino, e vi com alegria e emoção o vídeo daquela carinha suja chorando e já se chamava de Bia. Se Camila, Júnior e Karine desenharam minhas investidas e arroubos da mocidade, Zeno e Neto o contorno de uma coragem para começar de novo, agora a Bia chegou fazendo um desenho de um novo namoro com a vida e com um sonho de poder dizer para Bia: sua neta é parecida com sua vó!

Karine que é advogada, mesmo assim naquele momento estava dando uma de paramédica.

Karine que é advogada, mesmo assim naquele momento estava dando uma de paramédica.

Lá está a Dra. Karine ao lado dos equipamentos que serviram de primeiro berço à Bia.

Lá estão os profissionais médicos ao lado dos equipamentos que serviram de primeiro berço à Bia.

Comentários