Bem-vindo | 26/02/2021

Portal Folha - O seu Jornal Online

Aprovados os Projetos de reajuste e reposição salarial de servidores do magistério

A manhã desta quinta feira na Câmara Municipal teve dois momentos interligados: Uma assembléia dos servidores ligados a APLB que aguardavam o momento da Sessão Extraordinária em que os dois projetos que foram tema da assembleia entrasse em votação. 14 dos 15 vereadores estavam presentes e o resultado foi unânime: 14 votos a favor dos projetos do Executivo.

Por Gidalti Moura

qui, 30/04/2015 às 19:29

lllllllllllllllll

A sessão acabou sendo uma das mais frequentadas com a presença dos que lá chagaram para assistirem a assembléia da APLB.

Convocados pela presidência da Câmara 14 dos quinze vereadores marcaram presença na Sessão Extraordinária, solicitada pelo chefe do Executivo Municipal para apreciar os Projetos de Lei 005 e 006/2015 que o autoriza a reajustar os salários dos servidores do magistério em 6,5% (Projeto 005) e proceder a recomposição salarial em 6,22% (Projeto 006).Os dois projetos que foram retirados de pauta na sessão da última terça feira (28) para

retornaram na Sessão Extraordinária de hoje (30.04) desta vez na Ordem do Dia para discussão e aprovação.

As discussões em torno de brechas e dispositivos mal elaborados pela assessoria jurídica do executivo, como salientou o vereador líder de oposição Leandro, não ganharam força para prejudicar a votação dos dois projetos.

O presidente da casa vereador Rivaldo Góes, estava determinado a cumprir seu papel, depois de decidir atender ao pleito do prefeito. Abriu espaço para discussões, mas manteve o mérito da sessão que era apreço e votação.

Riva, presidente, colocou o projeto em votação. Votados em bloco único os dois projetos foram votados em dois turnos como manda o regimento da casa. Na primeira votação, os treze vereadores votaram a favor, marcando 14 votos com o voto do presidente que foi levado a votar pela tipicidade da matéria.

Depois o presidente Rivaldo abriu espaço para a segunda votação quando foi mantido o mesmo escore: 14 votos caracterizando unanimidade dos vereadores presentes.

Encerrada a votação, os dois projetos foram celeremente encaminhado ao prefeito Silva Neto para receber a devida e urgente sanção para não prejudicar o processo de pagamento da folha dos servidores que aguardava a decisão da Câmara.

bbbbbbbbbbbb

A mesa diretiva viveu momentos de acirramento.

ssssssssssss

Antes da sessão o secretário Glauco segurou os ânimos.

bbbbbbbbbbbb

Os primeiros momentos foram de assembléia da APLB

ggggggggggggg

e para o Delegado Gisselmar valia até apelação cênica…

Comentários