Bem-vindo | 21/10/2019

Portal Folha - O seu Jornal Online

546 professores participaram da Jornada Pedagógica 2009 em Araci

Conforme declarou à imprensa o Secretário Municipal de Educação professor Anastácio Carvalho, […]

Por Luis Gustavo

dom, 22/02/2009 às 12:32

Conforme declarou à imprensa o Secretário Municipal de Educação professor Anastácio Carvalho, a rede municipal de ensino do município de Araci está enfrentando uma de suas piores crises da história o que colocou em diversos riscos a educação no município. Anastácio revelou que com a mudança de governo após a derrota do ex-prefeito José Eliotério da Silva Zedafó nas eleições de outubro, a educação entrou em um túnel sem volta das eleições até dezembro. A educação foi transformada em uma arma de guerra para ganhar a eleição especialmente na Zona Rural onde se concentra a maior índice eleitoral do município determinante de todas as eleições a cada dois anos.

O que aconteceu:

Muitas nomeações casuístas de diretores, vices e coordenadores para as regionais da Zona Rural no interesse de manter as comunidades no clima de reeleição e muitos professores se preocupavam mais com a parte política que com as aulas.
As escolas ficaram abandonadas e sem manutenção. O dinheiro que circulava era direcionado para agradar pessoas e manter na linha de frente os cabos eleitorais do prefeito que desejava a todo custo a reeleição.

As aulas ficaram em segundo plano e a ex-secretária Dulcilene C. Mota perdeu o rumo vendo que o ano letivo estava perdido sem nada poder fazer e assim acabou o ano de 2008.
Os diários de classe e mapas de resultados finais estavam fora de controle. A maioria deles sem lançamento da vida do aluno continuava nas mãos de muitos professores.
O salário de dezembro do pessoal de apoio da educação não foi pago e a parte de manutenção do ensino ficou abandonada.

Os professores que davam sinal de que estavam contra o prefeito, eram remanejados.
O ano acabou sem que uma só escola fosse preparada para o próximo ano letivo. Sem manutenção, sem carteiras, sem materiais didáticos e o que restou nas unidades foi levado por vândalos porque a maioria das escolas não tinha segurança e muitos prédios ficaram abertos.
O transporte escolar estava funcionando precariamente desde outubro e a maioria dos motoristas sem receber pelo serviço prestado.

Toda essa situação levou o Secretário de Educação a gastar todo o tempo de planejamento do novo ano letivo tratando de colocar a casa em ordem, tomar pé de todos os problemas e iniciar as atividades do novo ano letivo.

Mesmo assim, o Secretário Anastácio planejou o início das aulas para o dia nove de março, marcando o início das atividades com a realização do Encontro Pedagógico de 2009. O encontro foi marcado pela presença de mestres, expoentes na educação e pala presença da prefeita Maria Edneide, Nenca que abriu o encontro com um pronunciamento onde enfatizou o tema: Professores Apaixonados.

Ao escolher os palestrantes, a prefeita Nenca e o secretário Anastácio objetivaram abrir uma nova era na educação tendo os professores como alvo de mudança e mostrar que doravante tudo iria ser diferente na educação. Dois palestrantes marcaram a abertura na segunda feira dia 16. A professora Anaci Paim, ex-Secretária de Educação do Estado, doutora pela Europia University-Suiça e ex-Reitora da UEFS e o Psicólogo Clerisson Torres, Mestre em Educação e Especialista em Docência do Ensino Superior, foram os palestrantes da abertura. O palestrante da terça-feira foi o professor Jabes Oliveira Moura, PhD em Educação pela Flórida University –USA, Teólogo, Pedagogo e Mestre em Educação e o da quarta-feira foi o padre João Eudes Rocha de Jesus, Pedagogo Mestre e Doutor em Filosofia. A presença de palestrantes tais como esses eram um indicativo de que assim como a abertura foi uma cerimônia linda e ordeira deveria ser o fechamento após a realização das Oficinas de Trabalho coordenadas pela equipe da CAPACITE.

624 pessoas lotaram o auditório improvisado na AABB para a abertura oficial da Jornada que depois se desdobrou em programações diárias até o seu encerramento na quarta-feira feira dia 18. O encontro foi realizado em dois locais. A primeira fase na Associação Atlética do Banco do Brasil, a segunda fase envolvendo as Oficinas Pedagógicas foi no Colégio CEMOB e na parte final que envolvia o encerramento e festa musical os professores retornaram à AABB na tarde da quarta-feira.

Atrações interessantes também foram registradas no encontro. A apresentação de uma peça de teatro pelo Grupo Pinóquio, apresentação de um Grupo de Reisado e a atração principal foi o show do cantor da terra Del Led que embalou a todos com seu jeito “deledino’ que já conquistou o Araci.

Comentários