Bem-vindo | 06/07/2020

Portal Folha - O seu Jornal Online

Um sábado especial para celebrar 74 anos de história e 36 anos de emancipação

A matemática da trajetória da Igreja Adventista em Araci tem marco zero no final de 1945, chegada do casal João e Laura Moura. No limiar de 1946, grávida de uma menina que recebeu o nome de Hezir, Laura já semeava a semente da doutrina adventista e da guarda do sábado.

Por Gidalti Moura

dom, 01/03/2020 às 20:51

O sábado 29 deste findo mês de fevereiro, a comunidade adventista na cidade de Araci dedicou uma programação especial para celebrar os 74 anos da chegada da mensagem do segundo advento de Jesus e da disseminação da guarda do 7º dia da semana como o santo dia do Senhor, como assim diz o quarto mandamento da imutável Lei de Deus.

Durante todo o dia, o tema “Uma Chance” foi trabalhado nos dois momentos da celebração. Na parte da manha, com escola sabatina e culto e na parte da tarde com um recital musical e testemunhos com a participação do Convicção Trio e do cantor Wanderson Santos.

O dia marcou também a comemoração dos 36 anos da igreja como igreja organizada dentro das praxes da organização superior. Diferente das igrejas que hoje nascem, crescem e se emancipam de forma veloz, a igreja de Araci levou 39 anos para se emancipar como igreja organizada em 1984.

A igreja central localizada na Praça José Ferreira, dedicou momentos de louvor com muita música e mensagens proferidas desde os momentos da Escola Sabatina, até a mensagem proferida pelo pastor Benivaldo novo distrital em Araci.

A igreja estava cheia de membros e de visitantes que desde as nove horas, foram agraciados com as apresentações do elenco soteropolitano convidado.

 O Convicção Trio é formado por componentes que se consideram aracienses pelos laços familiares, como “Dinho” que é genro da professora Zilda.

Com o Convicção Trio, veio também o cantor Wanderson que desenvolve um ministério inspirador em torno de suas músicas letras e cordas. E além das atrações convidadas há de se registrar a bela participação da Banda da igreja e de talentos locais que foram responsáveis por momentos de louvores inesquecíveis.

Visitantes, pessoas que um dia comungaram com a igreja, naquele sábado, sinalizaram diante da igreja seus desejo de um reencontro com a família de Deus.

 

Comentários