Bem-vindo | 22/11/2018

Portal Folha - O seu Jornal Online

Professor, você foi homenageado por uma escola que pouco conhece

Segunda feira (15) foi o Dia do Professor. Esse docente, ícone máximo da educação, que ensina ciência, arte, técnica ou outros conhecimentos foi reverenciado em momento especial da “ESCOLA SABATINA” que funciona em Araci como um sistema de instrução religiosa de discipulado e de crescimento espiritual da Igreja local, no mesmo modelo adotado no mundo em mais de 80 línguas a quase 20 milhões de alunos.

Por Gidalti Moura

dom, 21/10/2018 às 16:23

O dia 15 de outubro é dedicado no calendário promocional ao professor desde que foi comemorado pela primeira vez em 15 de outubro de 1827, dia consagrado à educadora Santa Tereza D’Ávila por Decreto Imperial de D. Pedro I ao criar o ensino elementar no Brasil e no sábado (13) que antecedeu ao dia do professor, a diretora da Escola Sabatina da Igreja Central de Araci, Rosanildes Lopes que é professora da rede pública de ensino como professora Rosinha, juntamente com sua equipe vetorizou a programação da Escola Sabatina daquele sábado para homenagear os “professores”. Rosinha disse que o momento era dos professores da Escola Sabatina, mas ao homenagear a figura do professor, estava reverenciando a todos os docentes que estavam presentes naquela manhã, imbuídos na missão comum de educar e ensinar ciência, arte, técnica ou outros conhecimentos.

Outros professores militam nas classes da Escola Sabatina, recapitulando as lições que são publicadas trimestralmente, sendo que em cada lição um tema Bíblico é escolhido. Estas lições lançadas mundialmente num mesmo formato e conteúdo único, em todos os países onde há Adventistas do Sétimo Dia, diferenciando apenas quanto a língua local. Ela funciona como um Guia de Estudo Bíblico. Dentro do tema trimestral são definidos os assuntos semanais e por sua vez subdivididos por dia, começando no Sábado a tarde, cada dia tem seu próprio guia de estudo fechando na sexta feira.

Nos Sábados pela manhã os membros se reúnem nos templos, igrejas e grupos para recapitulação das lições estudadas. Ali todos os alunos coordenados por um professor, discutem, analisam e compartilham os conhecimentos adquiridos durante a semana. Esse método adotado há 165 anos funciona em mais de 198 países, é ministrado em mais de 80 línguas no planeta. Estatisticamente 20 milhões de alunos estão estudando o mesmo tema, no mesmo dia, no mesmo horário. Se um aluno da escola de Araci estiver em qualquer lugar do planeta, haverá de se adaptar somente aos fusos horários e às línguas ou dialetos de onde está, mas estará presente em sala de uma mesma escola universal. O aluno de Araci sabe também que deve levar sua lição, acompanhada de sua Bíblia e saber definir a lição que o deve acompanhar pois existem lições para seis níveis dos alunos matriculados nesta escola universal: A Lição do Rol do Berço, para membros de 0 a 3 anos; a Lição do Jardim da Infância para alunos de 4 a 6 anos; a Lição dos Primários destinada aos alunos de 7 a 9 anos; a Lição dos Juvenis para quem está na faixa de 10 a 12 anos; a Lição dos Adolescentes com idade de 13 a 17 anos; a Lição dos Jovens de 18 na 30 anos e a Lição dos Adultos com idade acima de 31 anos.

Ao encerrar a programação, a coordenação da Escola Sabatina distribuiu lembrancinhas a todos os professores presentes e homenageados com mensagens, jograis, músicas especiais e oração de consagração e agradecimento.

Comentários