Bem-vindo | 22/11/2018

Portal Folha - O seu Jornal Online

NOVO CONSELHO MUNICIPAL DO IDOSO É EMPOSSADO

Na manha desta quinta-feira (18), a secretária de Desenvolvimento Social, Esporte e Lazer Galba Rejane de Ana, juntamente com a equipe de coordenação do CREAS no Município de Araci, Soraya Almeida se reuniram no CTP para fazer cumprir o Decreto Nº 0883 de 26 de setembro que “Nomeia os membros titulares e suplentes do Conselho Municipal do Idoso”.

Por Gidalti Moura

qui, 18/10/2018 às 17:53

A cerimônia veio confirmar a premissa que o município de Araci com sua gestão da hora, dá continuidade à política nacional do idoso, que tem por objetivo assegurar os direitos do idoso, criando condições para promover sua integração e participação efetiva na sociedade, como manda a Lei Federal nº 8.842 de 4 de janeiro de 1994.

 

A reunião foi aberta pela senhora Ester Carneiro que depois de formar a mesa dos trabalhos falou a todos das dificuldades que o conselho que estava sendo substituído pelo Decreto do Executivo Municipal estando presente seu ultimo presidente o radialista e apresentador José Socorro da Silva.

Zè Socorro foi convidado a se pronunciar oportunidade em que falou de sua trajetória e luta em favor do idoso desde que chegou de volta a Araci, depois de aposentado precocemente pela Marinha do Brasil.

A secretária Gaba Rejane, falou aos presentes e lendo o Decreto de Posse, convocou os novos membros titulares e suplentes nomeados pelo Decreto Nº 0883 de 26 de setembro do prefeito Antônio Carvalho da Silva Neto que assim dispôs:

Criado e instituído pela Lei 034 de 30 de junho de 2008, o Conselho Municipal de Direitos do Idoso, funciona como um órgão colegiado formado por conselheiros titulares, vinculados à Secretaria Municipal de Desenvolvimento e responsável por formular e avaliar as condições de atendimento e proteção ao idoso na cidade. “Nós temos muitas demandas, e o Conselho ajuda no desenvolvimento das políticas públicas para o idoso no município” disse Soraya Almeida do CREAS e sugeriu a implantação de programas que envolvam a comunidade, como à campanha “Adote um idoso”, já experimentada em outros municípios, salientou Soraya.


O Conselho nomeado pelo Decreto Municipal, saiu da reunião com sua diretoria escolhida entre os conselheiros nomeados sendo eleita para o exercício de um mandato de dois anos. Nova Diretoria empossada na reunião

 O novo conselho e sua nova diretoria terão atribuições como:
• Desenvolver atividades que visem à defesa e ampliação dos direitos dos idosos;
• Apoiar ações que promovam sua participação nos diversos setores da atividade comunitária;
• Propor medidas para eliminar toda e qualquer disposição discriminatória e receber denúncias sobre qualquer forma de desrespeito ao idoso;
• Promover estudos e debates sobre questões que afetam os idosos e analisar sugestões recebidas da sociedade.

Comentários