Bem-vindo | 21/10/2019

Portal Folha - O seu Jornal Online

Gincana cultural do Imaculada (CEIC) revela talentos surpreendentes

Para o professor Fredson Diretor do CEIC em Araci, o acontecimento coloca sua instituição no ranking de outras escolas da rede estadual de ensino da capital e do interior que também estão envolvidas em âmbito maior na promoção destas gincanas culturais.

Por Gidalti Moura

qui, 15/08/2019 às 16:47

A denominada Gincana 2019 do Colégio Estadual Imaculada Conceição – CEIC, como informou na abertura a professora Elcione Carvalho Santos da Coordenação, começou suas atividades em maio deste ano com etapas de avaliação envolvendo comportamento e relacionamento entre alunos, organização nas salas e cuidado com o ambiente escolar. O uso de celulares durante o tempo de aulas foi também uma das regras na pontuação das equipes. Outras provas foram sendo cumpridos ao longo do processo, como produção de telas, e vídeos. – Disse a professora Cica.

O professor Fredson Pereira dos Santos enfatizou feliz o acontecimento e disse que escolas da rede estadual de ensino da capital e do interior estão envolvidas em âmbito maior na promoção destas gincanas culturais com o objetivo primordial era de potencializar a aprendizagem dos estudantes, de forma lúdica e dinâmica.

Hoje, às 08h00minh.  pela dia que antecede dia final das avaliações e premiações, foram realizadas cinco (05) provas relacionadas às habilidades de alunos organizados por equipes e nessa etapa de forma surpreendente quem estava na plateia como os jurados convidados para avaliar as equipes, aconteceu a revelação de talentos surpreendentes no âmbito das cinco provas.

PROVA:

TEMPOS DE ARTE LITERÁRIA  – Um  aluno autor ou um escolhido como intérprete faria a leitura da arte literária e seria avaliado pelo júri nos quesitos: clareza textual, criatividade, estética e originalidade com pontuação de 01 a 100.

2ª PROVA:

Apresentação musical em forma de CORAL – Um plantel de até 19 vozes que seriam avaliados como grupo pelos jurados nos quesitos: Afinação sonoridade, tonalidade, criatividade, dicção, estética e eanção de preferencia musica brasileira.

3ª PROVA: – FESTIVAL ANUAL DA CANÇÃO ESTUDANTIL – Cada equipe podendo apresentar até 02 cantores, apresentando canção de sua autoria sendo avaliados pelo júri nos quesitos: Letra e Melodia

Mesa dos Jurados

PROVA: – DRAMATURGIA (criação teatral de cena curta) – Apresentação de cenas teatrais em solo ou em equipe de até 08 componentes e a avaliação pelos jurados seriam pelos quesitos: Dramaturgia/Texto, Interpretação/Presença cênica, encenação/Concepção estética, originalidade e temporalidade (5 a 7 minutos)

Uma surpreendente revelação de talentos.

5ª PROVA:

DANÇA ESTUDANTIL (DANCE) – Apresentação danças de grupos de até 8 estudantes, com coreografia na interpretação de canções nacionais e de domínio público em sua versão instrumental (play back). Os Critérios de avaliação pela mesa de jurados eram: Originalidade, Criatividade, Ritmo, Expressividade, Autonomia na construção coreográfica e Temporalidade (até 5 minutos).

Equipe Vermelha a primeira a dar o Grito como primeira tarefa do dia.

Equipe Amarela e seu Grito de Guarra…

Equipe Preta “a coisa vai ficar preta para o concorrente!”

Grito de guerra da Equipe Azul…

Grito da Equipe Verde – “Verde que te quero Hulk!”

Das provas realizadas na manhã desta quinta feira (15.08) o que pelo menos posso dizer como jornalista presente foi que todos os colegas jurados e todos os que estavam no CEIC como espectadores, ficamos comovidos com o show de talentos daquela moçada promissora n mundo lírico, lúdico e cênico. Agora “quem foi quem” em pontuação como equipe, vai ser a surpresa da matéria depois do encerramento, que será amanhã (sexta 16.08).

Coordenadora Cica e o jurado Dr. Gidalti. (foto destaque do Portalfolha).

Comentários