Bem-vindo | 23/10/2018

Portal Folha - O seu Jornal Online

Espaço físico não é mais obstáculo para o retorno do funcionamento do BB de Araci

De todos os empecilhos que dificultava a reforma da agencia do Banco do Brasil e seu funcionamento, o pior deles foi solucionado. O proprietário Agamenon, Gal, entendeu que manter o prédio alugado era a solução para o Banco, até agora sem outra opção de espaço físico na Praça.

Por Gidalti Moura

qui, 24/05/2018 às 14:40

No encontro que tiveram o presidente da Câmara Jefson Miranda Cardoso Carneiro, o empresário Manoel Nunes presidente da CDL-Araci a vereadora Jamile Magalhães da Costa e o professor Denisson Dias com o superintendente Regional Chinstiano do Banco do Brasil-Agência Regional de Governo, as esperanças de normalização da agencia BB em Araci se frustraram diante de um dos mais complicados impasse, local físico para que nele fosse autorizada a realização das obras da agencias.

A dificuldade se esbarrava na rejeição da parte do proprietário do imóvel na Praça da Conceição onde ainda se encontra a sinistrada agencia. Agamenon conhecido como Gal recebeu solidariamente o vereador presidente Jefson e o empresário Manoel Nunes presidente da CDL e depois de um diálogo sadio o proprietário Gal mostrou sensibilidade e entendeu que o impasse deveria ter fim para o bem de todos, comunidade, agência e locador do prédio.

Os dois saíram do escritório de Agamenon com a excelente notícia de que o prédio estava liberado para abrigar a agencia e que a superintendência do banco já poderia diligenciar a autorização para licitar a obra de restauração da agência.

Manoel e Jefinho estiveram hoje pela manha dando a boa notícia ao gerente Otto Santana e satisfeito disse agora estaria esperando o sinal verde dos superiores para iniciar as obras.

Otto não quis arriscar o prazo para que tudo se normalize com a finalização das obras, mas assegurou: “Agora já temos a tranquilidade de que logo estaremos devolvendo à população e aos correntistas e clientes nossa agencia funcionando a contento”.

Otto também disse que uma das notícias é que mais caixas rápidas para pagamentos, depósitos, transferências e saques, serão credenciadas na cidade.

Comentários