Bem-vindo | 17/02/2019

Portal Folha - O seu Jornal Online

A nova rotina do CEMOB com regras e disciplina militares começa amanhã

Escola reformada, adaptada, horário rígido, momento cívico, cada aluno com seu lugar pré-determinado e monitoramento a todo o momento do comportamento dos estudantes por PMs da reserva atuando como tutores disciplinares – Começa amanhã!

Por Gidalti Moura

seg, 11/02/2019 às 10:36

Desde que iniciou sua vida de estudante, a aluna podia chegar no colégio meio atrasada, entrar para a sala de aula com cabelos soltos e com os cílios bem pintados, unhas com esmalte em tons fortes. Os alunos por sua vez, chegavam com cabelos longos, cortes extravagantes e coloridos e com direito aos topetes e ranjas. Calça e bermudas rasgadas no joelho, desbotadas e arrastando as famosas havaianas.

Amanhã o bicho vai pegar! Maquiagens discretas e cabelos amarrados em coque, saias na altura do joelho para as meninas e muita disciplina e formação de ordem unida antes do inicio das aulas.

É que realmente está acontecendo em Araci a aplicação de um modelo diferente dos Colégios da Polícia Militar e como outros no Estado da Bahia, o CEMOB de Araci foi escolhido para ser um destes protótipos que irão funcionar na Bahia em 17 municípios.

O novo sistema de ensino que deverá ser implantado aos poucos nas escolas do país, foi prometido pelo presidente Jair Bolsonaro em campanha para a presidência e hoje o presidente afirma que em até dois anos todas as capitais do país teriam pelo menos um colégio militar.

No caso destes colégios chamados de “Colégios Vetores” nos municípios, as escolas seguem administradas pelas prefeituras e recebem policiais militares da reserva para atuar no âmbito disciplinar. É preciso que os gestores municipais abracem o projeto e que tenham sensibilidade de antever os benefícios que o sistema que está sendo implantado haverá de trazer para a educação em futuro breve.

Em Araci isso está acontecendo com apoio irrestrito do prefeito Silva neto e de seu corpo funcional da secretaria de educação e isso representa investimento também da parte dos municípios porque os custos para implantação do modelo ficam a cargo dos municípios.

Vamos ver o novo amanhã do CEMOB e acompanhar sua nova rotina e seus resultados, os impactos, como e onde se apresentarão.

A Prefeitura está desenhando uma nova cara num corpo forte que subsiste ha mais de meio século

Como esta unidade, todas as salas estão sendo preparadas para receberem forro condição de implantação de ar condicionado em todas as salas.

Até amanhã.

Gidalti “Escreveu e disse”.

 

Comentários