Bem-vindo | 25/04/2019

Portal Folha - O seu Jornal Online

Sessão Solene de comemoração dos 60 Anos de Emancipação Condecorações com a COMENDA Capitão José Ferreira de Carvalho e Diploma de Mérito

Pela primeira vez, nesta data 07 de abril celebrada todos os anos, os dois poderes livres de Araci, constituídos nesta mesma data histórica a 60 anos atrás, se uniram numa celebre comemoração para apresentar a toda comunidade uma Programação que de tão inédita e digna, haverá de se perpetuar ano após ano como assim deveria ter sido desde os primórdios de sua história.

Por Gidalti Moura

dom, 07/04/2019 às 20:45

“Desde a instalação de sua primeira Legislatura em 1956 a Câmara de Araci não chegou a viver em plenitude a emoção de comemorar a cada ano legislativo as duas datas magnas de sua história sociopolítica.

A primeira que é o dia 07 de abril data de sua emancipação definitiva e a realização de sua primeira eleição livre determinada no Art. 5º da Lei Nº 863 de 15 de novembro de 1956 que decretou o desmembramento de Araci do Município de Serrinha.

A segunda data cívica de importância na história de Araci é o dia 13 de dezembro consignado no parágrafo 4º do Art. 1º da Lei Orgânica, como dia das comemorações do aniversário do Município que neste ano de 2019, comemorará seus 207 anos de fundação desde que fora fundado nesta data no ano de 1812 pelo capitão José Ferreira de Carvalho”.

Estas palavras, parte do conteúdo do pronunciamento do vereador Jefson Miranda Cardoso Carneiro, autor do projeto que criou a “Comenda Capitão José Ferreira de Carvalho e os DIPLOMAS da Ordem do Mérito dos Poderes Legislativo e Executivo”, traduziram a magnitude da Sessão Solene que se realizou hoje na Câmara de Araci.

Pela primeira vez, nesta data 07 de abril celebrada todos os anos, os dois poderes livres de Araci, constituídos nesta mesma data histórica a 60 anos atrás, se uniram numa celebre comemoração para apresentar a toda comunidade uma Programação que de tão inédita e digna, haverá de se perpetuar ano após ano como assim deveria ter sido desde os primórdios de sua história.

A programação começou desde a madrugada com uma alvorada de fogos artifícios, a tradicional corrida rústica promovida pela Secretaria de Desenvolvimento Social, Esporte e Lazer, Ato cívico com hasteamento de bandeiras em frente ao paço municipal, Missa de Ação de Graças na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição e a realização da sessão Solene na Câmara Municipal.

Como disse ainda o vereador Jefinho do PSC ao falar da tribuna como autor do projeto, o ponto alto da programação sinalizava o Resgate da Memória dos dois maiores e mais importantes nomes da história política de Araci: O Capitão José Ferreira de Carvalho, fundador do Município com lançamento da COMENDA em seu nome e do vereador José de Oliveira Lima, o primeiro vereador baluarte a defender na Câmara de Serrinha essa liberdade consolidada em 07 de abril de 1959 e comemorada na Sessão Solene dos 60 Anos de Emancipação.

Esta mais importante e prestigiosa condecoração e honraria concedidas a cidadão ou à cidadã por força de Lei Municipal e Decreto Legislativo foi outorgada na forma de Diploma da Ordem do reconhecimento do Mérito:

Ao Governo do Estado da Bahia pelo feito histórico do 33º Governador Antônio Balbino ao assinar e promulgar a Lei n. 863 de 15 de novembro de 1956 decretando a independência definitiva de Araci, liberdade que se consolidou nas eleições gerais de 07 de abril de 1959. O governador Rui Costa estava representado no momento da outorga pelo Sr. Antônio Magno de Souza Filho, Assessor junto a Secretaria de Estado de Relações Institucionais.

À Prefeitura Municipal de Serrinha ao reconhecer acatar e diligenciar a desmembramento da Vila de Araci, emancipada pela Lei n. 863 de 15 de novembro de 1956 decretando a independência definitiva de Araci, liberdade que se consolidou nas eleições gerais de 07 de abril de 1959. O prefeito Adriano Lima cujo nome consta na placa foi representado pelo vereador José Moreira Souza Filho.

À Prefeitura Municipal de Araci pelo feito histórico de Instalação da primeira Administração Pública e Governo Municipal de Araci como Comuna Livre, através da Lei n. 863 de 15 de novembro de 1956 que decretou sua independência definitiva de Araci, liberdade que se consolidou nas eleições gerais de 07 de abril de 1959, que elegeu seu primeiro prefeito Erasmo de Oliveira Carvalho. A Placa comemorativa foi entregue ao Prefeito Antônio Carvalho as Silva Neto cujo nome se perpetua na homenagem.

À Câmara Municipal de Serrinha pelo feito histórico de fazer tramitar o processo do plebiscito defendido pelo vereador José de Oliveira Lima, eleito pela Vila de Araci em 1947 e pelo reconhecimento e obediência à Lei n. 863 de 15 de novembro de 1956 que decretou a independência definitiva de Araci, consolidada nas eleições livres de 1959. O presidente da Câmara vereador Jean Carlos Cardoso Silva cujo nome se perpetuou na placa recebeu a homenagem.

À Câmara Municipal de Araci pelo feito histórico de Instalação da Primeira Legislatura , posse de seus primeiros vereadores e primeira eleição da Mesa Diretora que procedeu a posse histórica do primeiro prefeito Erasmo de Oliveira Carvalho por direito pleno concedido pela Lei n. 863 de 15 de novembro de 1956 que decretou sua independência definitiva de Araci, liberdade que se consolidou nas eleições gerais de 07 de abril de 1959. O nome do presidente Jefson Miranda Cardoso Carneiro se perpetua na homenagem a quem foi entregue a homenagem histórica.

Como prevê a Lei, entidades que tenham relevantes serviços prestados ao Município por mais de 60 anos, foram homenageadas sendo apenas duas em Araci que subsistem ao tempo como a Igreja Católica  atuando em Araci desde 1859 E A Igreja Adventista do 7º Dia que nasceu em Araci pelo ministério do casal João e Laura Moura em 1946.

A Igreja Católica foi representada pelo pároco de Araci, padre Theófanes Fechine de Holanda cujo nome se perpetuou na Placa que homenageia a instituição.

A Igreja Adventista foi representada pelo seu pastor distrital Melquisedeque Queirós Oliveira cujo nome também se perpetua na placa que homenageias a instituição religiosa.

O Plenário e salão de atos da Câmara de Araci, teve neste 07 de abril uma de suas maiores audiências em sessões deste gênero. O cerimonial foi apresentado pelo Dr. Gidalti Oliveira Moura, contou com apresentações brilhantes dos músicos Lucelmo Oliveira e Mário Bitencourt no acompanhamento dos hinos pátrios e prestigiado com presenças de autoridades como a vice-prefeita Keinha, vereadores, o deputado federal Felix Mendonça Júnior e deputado estadual Alex da Piatã.

O mestre de cerimônia encerrou o cerimonial dizendo: “de hoje em diante, as comemorações de 07 de abril terão um brilho especial nas sessões solenes realizadas em homenagem a Emancipação de Araci quando a cada dia 07 de abril, dia em que alguém será homenageado com a mais importante e prestigiosa condecoração concedida ao cidadão ou à cidadã por força do dispositivo legal aprovado pela Casa Legislativa e sancionado pelo Poder Executivo.

Ex-prefeito e ex-vereador Carlos Raimundo Mota e ex-prefeito José Eliotério da Silva Zedafó foram as primeiras personalidades históricas a entrarem para a história como os primeiros “Comendadores da Ordem do Brasão” a mais importante e mais prestigiosa honraria concedida ao cidadão por força de Lei Municipal.

Comentários