Bem-vindo | 19/09/2018

Portal Folha - O seu Jornal Online

Regulação é uma vergonha. A saída é um hospital regional – Diz na tribuna o vereador Guinha

Na tribuna da Câmara na última sessão, o vereador criticou a regulação. É uma vergonha vereadora realmente a regulação do Estado. As pessoas padecem nas filas dos hospitais. A gente sabe de casos e mais casos de espera pela regulação e o paciente infelizmente vem a óbito, porque o Estado não responde por que não tem compromisso com a sua população.

Por Gidalti Moura

seg, 05/03/2018 às 17:41

Os discursos da última sessão foram uma sequência de bombardeios contra o hospital municipal de Araci e as críticas tomaram dimensão por virem da parte de vereadores de oposição como Léo de Eridan e da parte de vereadores do bloco de sustentação do governo como Jera e Edneide.

Guinha de Pascoal foi o último dos oradores e com seu perfil de líder do governo procurou justificar as críticas e colocar a culpa na crise generalizada da saúde. Defendeu a atitude do diretor do hospital em barrar o ingresso de vereadores no hospital dizendo que a atitude estava certa, pois visava preservar a intimidade de pacientes.

Ao falar de saúde Guinha disse: “Quando se fala em regulação, que é um caos que nós temos implantado aqui na Bahia desde o governo de Jaques Wagner. Não podemos senhores vereadores aceitar de forma alguma, é que vereadores entrem em repartições, principalmente em hospital, como esta semana aconteceu. De repente vereadores serem flagrados onde não poderia estar no posto A onde ficam as mulheres que acabaram de sair da sala de parto. É bom que passe uma informação para o diretor do hospital, para que essas pessoas tenham acesso às dependências do hospital, no limite. Onde realmente o vereador pode estar e onde o vereador não pode estar nos momentos ali dentro do hospital” – completou Guinha.

O vereador criticou a regulação. É uma vergonha vereadora realmente a regulação do Estado. As pessoas padecem nas filas dos hospitais. A gente sabe de casos e mais casos de espera pela regulação e o paciente infelizmente vem a óbito, porque o Estado não responde por que não tem compromisso com a sua população. Estive aqui na primeira sessão pedindo ao Presidente desta casa, junto com os senhores vereadores, junto com o Prefeito do município que é vice-presidente da UPB, pedindo providência na questão de um hospital regional aqui na região do sisal. Em vários municípios o Governo do Estado constrói hospitais de emergência. Há poucos dias foi inaugurado o hospital da Costa do Cacau. Foi construído o novo HGE; o hospital do subúrbio; a construção do novo hospital de Feira de Santana; construção da Policlínica de Feira de Santana; construção do hospital e Lauro de Freitas. E infelizmente a gente não tem o prazer de ver a construção do hospital da região do sisal. Porque esta região aqui infelizmente é esquecida por aqueles que têm os votos e depois infelizmente some e aí no período de campanha todo mundo volta como se fosse o salvador da pátria.

Peço senhor presidente, que Vossa Excelência de imediato tome essa atitude e mande convites para todas as Câmaras de Vereadores, para todos os presidentes, para todas as Secretarias de Saúde da Região Sisaleira, para todos os prefeitos convidando para que possamos abrir em Araci um grande debate e cobrar do Governo do Estado o hospital da região do sisal, porque o povo não pode mais sofrer as agonias das grandes filas de saúde. A população não pode mais sofrer as injustiças dessa regulação, que eu costumo dizer, regulação que veio para matar o povo baiano. ””

 

Comentários