Bem-vindo | 23/10/2018

Portal Folha - O seu Jornal Online

Presidente Jefinho dá entrevista ao apresentador George Silva no Debate em Destaque

O apresentador George Silva arrancou do presidente da Câmara respostas às questões legislativas, desafios da presidência, avanços, mudanças e sobre suas pretensões futuras como politico. “Vossa excelência se apresenta hoje como um presidente capaz de resgatar a credibilidade na edilidade de Araci pela sua atuação corajosa e pelo respeito entre os colegas” – comentou George no final da entrevista.

Por Gidalti Moura

dom, 25/02/2018 às 10:03

O presidente chegou às 08h00minh. nos estúdios da Cultura FM, em companhia de seu assessor Gidalti Moura e depois das saudações teve de encarar a primeira pregunta do apresentador sobre os desafios como presidente em seu primeiro ano e como é ser vereador e presidente? – perguntou George.

Não é fácil. Responde o presidente. “Depois que me elegi vereador, tive a honra de ser indicado primeiro secretário e depois na minha reeleição a honra maior de ser escolhido pelos companheiros para ser presidente. É preciso muita sabedoria, e isso tenho pedido todos os dias a Deus, para saber dividir meu mandato em três partes. Saber ser vereador junto aos meus eleitores, saber vereador no âmbito do legislativo com deveres e direitos iguais a todos os colegas e desempenhar o papel de chefe do poder como presidente sem cometer excessos nem omissões”. – Responde Jefinho.

O presidente avançou nas explicações falando de sua atuação na presidência e dos avanços e conquistas neste primeiro ano de presidência.

Citou a reforma da Lei Orgânica – Promulgada pela Emenda 07/2017 que depois de 39 intervenções teve seu texto constitucional nivelado às constituições mais modernas da municipalidade atual. Citou também a Reforma e adequação do Regimento Interno ao texto constitucional que está em fase de aprovação, impressão e sanção,

E uma das mais importantes conquistas conseguidas em beneficio de todos, foram as emendas impositivas no orçamento do Executivo. Essas emendas garantem ao vereador o mesmo direito a destinar recursos do orçamento municipal para realização de melhorias nas comunidades que representam. – Explicou.

Jefinho falou também das mudanças no processo legislativo como no momento das sessões. Falou do Painel digital, com cronômetro interligado ao microfone da tribuna controlado eletronicamente o tempo dos pronunciamentos na tribuna. E isso ajudou a melhorar o tempo de duração das sessões, porque evitou os excessos e as concessões de tempo a critério das forças de bancadas.

George comentou que os vereadores tem mostrado uma melhora em seu perfil na casa e perguntou qual o segredo?

Respeito. Respondeu o presidente. Desde que assumi a presidência, tenho tratado a todos de igual modo e quando quero fazer mudanças, abro diálogo com toda a casa e nada do que nela se faz é de minha particular decisão. A casa é de todos e trabalhamos como um time e digo; mesmo os vereadores de oposição têm apoiado nossas ações. – disse.

O presidente falou de seu interesse em melhorar o perfil dos vereadores e para isso já patrocinou dois encontros quando os vereadores participaram de cursos de aperfeiçoamento no processo legislativo. “Nossa meta é promover a cada ano pelo menos dois encontros de capacitação, um no primeiro período e outro no segundo” – falou.

O apresentador falou que na ultima vez que esteve na Câmara notou algo diferente na estrutura física da casa. O que está acontecendo? – Perguntou.

Jefinho falou das mudanças de base que envolve o trato com o processo legislativo e também no que envolve a logística da casa em relação ao desempenho dos trabalhos.

Falou da mudança na entrada do prédio com a implantação de uma recepção e uma guarita e explicou que apesar da câmara ser bonita e suntuosa era ante funcional. As pessoas chegavam e não tinham com quem falar. Com a recepção, as pessoas que chegam procurando algo ou alguém são atendidas e orientadas no que fazer.

A recepção tem uma central telefônica com ramais interligados a cada gabinete, permitindo velocidade no contato e na informação a quem procura seu vereador.

Também citou o presidente a aquisição de equipamentos colocados em cada gabinete de vereador. Os gabinetes possuem seus PCs, impressora interligada em rede para poder realizar suas tarefas do dia a dia. Citou também a criação de E-Mails funcionais para cada vereador permitindo o acesso aos documentos e projetos de forma digital.

A Nova Estrutura Administrativa definindo as funções e cargos pela necessidade das categorias dos serviços e a formatação do concurso público da Câmara para atender às exigências da transparência da comunidade e do Ministério Público é também de grande relevância, disse Jefinho.

A aquisição de mobiliários para atender às salas da assessoria parlamentar na retaguarda do plenário para a assessoria legislativa durante os trabalhos das sessões ordinárias e ainda a aquisição de um projetor facilitando as programações da casa e dos que a ela procura para programações.

George comentou sobre a falta de interesse da população em assistir às sessões. O que o senhor pensa para melhorar isso? – perguntou.

Estamos procurando aproximar mais a população da Câmara. As modalidades de sessões itinerantes e solenes homenageando celebridades e pessoas que prestam relevantes serviços à comunidade é uma das formas. Vamos realizar uma sessão solene no dia da mulher, e criar um projeto para envolver os jovens nos trabalhos legislativos através de um programa que gere trabalho remunerado.

O apresentador falou e perguntou sobre o descrédito com os políticos. ”O que acha disso?” – Perguntou.

Muitos criticam os políticos, mas como seria a nação sem o bom politico, se ele se omitir de participar do processo, alguém vai tomar o seu lugar. Se eu que estou fazendo minha parte com integridade, moral ética e saio da politica, como será nosso futuro? Sem os homens bons e sérios na politica nosso futuro será mais tenebroso, não acha?

Uma pergunta de um jovem chegou por telefone: “Que projetos a câmara e os vereadores estão fazendo em beneficio dos jovens”? – Perguntou o jovem Dicinho.

O presidente respondeu: “A câmara e os vereadores tem feito sua parte”. Vereador não faz nada ele indica e aprova aos projetos do executivo. A sociedade a juventude é acomodada, ninguém quer participar do processo e exigir ou pedir, nos orçamentos ou nos projetos da execução orçamentárias. Ninguém vai dar sua opinião. Os vereadores aprovam o que vem, mas isso pode ser modificado se a sociedade participa com propostas e sugestões. O que ocorre e o desinteresse de todos nestas questões. Respondeu o presidente.

George foi encerrando a entrevista e disparou a ultima questão: “O senhor tem planos de reeleição e mais ainda tem planos de voos mais altos como prefeito ou quem sabe deputado?”.

Olha George. Muita gente não me conhece a fundo e ignora meu perfil de político. Não sou ambicioso pelo poder a qualquer custo. Fiz duas campanhas para meu pai, depois pra Jorge meu irmão e depois entrei e me elegi. Isso é uma trajetória de quase vinte anos. Trabalho desde garoto e venho de uma família trabalhadora e equilibrada. A politica foi uma consequência. Me elegi para o primeiro mandato, fui 1º secretário da mesa, me tornei presidente no segundo mandato de uma forma histórica. Como candidato único, tive quase todos os votos dos companheiros. De forma que as coisas comigo acontecem naturalmente.

Uma reeleição depende de meu grau de confiança com os colegas se eles acharem que vale à pena me reeleger tudo bem. Afinal dois anos é pouco tempo para meus projetos para aquela casa. E esse conceito vale para outros cargos como prefeito e deputado. O povo sabe em quem votar e na hora de votar vai valer o perfil do politico, sua honestidade e sua forma de lidar com todos. – Concluiu o presidente.

Entrevistador e entrevistado no final da entrevista posaram para a foto de registro histórico das lentes do Portalfolha.

Comentários