Bem-vindo | 14/07/2020

Portal Folha - O seu Jornal Online

Depois de endurecer medidas prefeito Silva Neto antecipa feriado do dia da padroeira

A situação estava tão preocupante que a primeira ideia era “o fechamento geral de todo o tipo de comércio por um período de oito a quinze dias”, – disse na Tribuna da Câmara o empresário Manoel Nunes presidente da CDL.

Por Gidalti Moura

ter, 02/06/2020 às 16:15

Na sessão de 26.05 foi aprovado pela Câmara o Projeto de Lei nº 002/2020, de autoria do poder executivo que instituiu sanções administrativas e penalidades cabíveis para as condutas que visem prejudicar as medidas essenciais à prevenção e combate à covid-19 e na sessão de hoje foi aprovado em regime de urgência mais um projeto de lei que antecipará através e Decreto o feriado de 08 de dezembro dedicado à celebração do dia da padroeira de Araci.

Em sua justificativa o chefe do executivo, arrazoa que o Brasil virou atualmente o epicentro do coronavírus e que por usa vez, a região Sisaleira tem estado em situação de alerta com os números alarmantes que vem crescendo diariamente em todas as cidades circunvizinhas e continua o prefeito Silva Neto: “O município de Araci começou a ter um crescimento gradativo nos últimos dias, situação que obriga a administração pública municipal a adotar medidas e mecanismos, além dos quais já vem tendo para conter a disseminação do vírus.

O projeto foi colocado na pauta da Ordem do Dia da sessão de hoje por decisão do presidente Jefson Carneiro e tendo ouvido o Plenário que com ele estava formado por 10 vereadores, o projeto foi aprovado com unanimidade. O dia que corresponderá ao feriado antecipado, deverá ser decretado pelo Chefe do Executivo e publicado dentro de algumas horas.

Com a antecipação do feriado, o município cuja grande parte da população está desatenta à situação grave da pandemia, terá um similar “Lockdown”, de quatro dias a partir de sexta-feira. A medida vai fechar definitivamente o comércio e exigir isolamento total no próximo fim e início da próxima semana.

Sobre isso o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL), de Araci o empresário Manoel Nunes se manifestou na Tribuna Livre da Câmara durante a sessão. Manoel que participou da última reunião com o poder público, como organização representativa do comércio, disse que a situação estava tão preocupante que a primeira ideia era “o fechamento geral de todo o tipo de comércio por um período de oito a quinze dias”. Na reunião, disse o presidente da CDL, o prefeito municipal sugeriu a antecipação do feriado para que se pudesse dar uma parada geral neste fim de semana.

“Ficou então acordado na reunião que somando o feriado antecipado ao fim de semana até a próxima segunda feira (8), todo comercio entraria no “Lockdown”, seja isolamento da população e fechamento do comércio em geral, ficando liberado somente farmácias, padarias e comércios de alimentos, – disse Manoel.

A medida segundo o presidente da CDL ainda será tomada em caráter experimental. Se der resultado satisfatório, tudo bem, mas se a coisa continuar grave, outras medidas mais drásticas deverão ser tomadas. É difícil e tem resistência contrária de muitos comerciantes, mas o que é preciso ser pensado em primeiro lugar é a manutenção da saúde e preservação da vida. – Concluiu da tribuna o empresário Manoel Nunes.

Clique Aqui para acessar o WhatsApp do  seu Portalfolha.com e receber conteúdos e matérias!

Siga-nos em nossas redes sociais –Página no Facebook – Perfil no Instagram

Comentários