Bem-vindo | 19/08/2018

Portal Folha - O seu Jornal Online

Cheques sem fundo têm menor índice desde 2004, diz Serasa

O volume de cheques devolvidos por falta de fundos correspondeu a 1,76% do total de folhas emitidas em 2010, a menor porcentagem desde 2004 (1,58%), segundo um estudo da Serasa Experian divulgado nesta terça-feira.

Por Luis Gustavo

ter, 18/01/2011 às 19:53

O volume de cheques devolvidos por falta de fundos correspondeu a 1,76% do total de folhas emitidas em 2010, a menor porcentagem desde 2004 (1,58%), segundo um estudo da Serasa Experian divulgado nesta terça-feira. De acordo com o levantamento, houve uma redução de 0,39 ponto percentual no número de cheques sem fundo em 2010, comparando-se com 2009, quando o índice foi de 2,15%.

Na comparação mensal, dezembro teve 1,72% de cheques retornados por falta de fundos, ante 1,68% em novembro e 1,87% em dezembro de 2009. Segundo a Serasa, a marca atingida em 2010 é reflexo da preferência do consumidor por outras formas de pagamento, como os cartões de crédito ou cheques pré-datados, apesar do aumento de endividamento do brasileiro.

A queda maior foi de maio a outubro de 2010, enquanto nos meses do fim do ano foram emitidos mais cheques sem fundos para se evitar o limite do cartão de crédito. Nos primeiros meses, o orçamento familiar é comprometido pelos tributos (IPTU e IPVA) e possivelmente pela compra de material escolar, o que pode gerar um aumento no índice.

Fonte: Terra

Comentários